Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Servidores do TJPA fazem manifestações em repúdio à morte de oficial de Justiça

Assassinato de Clayton Mesquita provoca indignação na categoria, que pede por segurança

O Liberal

Servidores do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) promoveram  manifestações em mais de 30 varas e comarcas do Estado para repudiar o assassinato do oficial de Justiça Clayton Nazaré Mesquita, ocorrido na quarta-feira (29), em pleno exercício de suas atribuições, no município de Novo Repartimento. Em Belém, o ato foi realizado no começo da noite, reunindo 20 pessoas, em manifestação organizada pelo Sindicato dos Funcionários do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (Sindju), na sede do Tribunal, na avenida Almirante Barroso, próximo da Dr. Freitas.

Nas manifestações, nesta quinta-feira (30), os servidores vestiram preto para homenagear o colega que perdeu a vida de maneira brutal e violenta. 

VEJA MAIS

Corpo de oficial de justiça é sepultado em Marituba nesta quinta (30)
Familiares e categoria pedem por justiça no caso da morte de Clayton Martins

​Tribunal de Justiça lamenta assassinato de oficial de justiça em Novo Repartimento
Clayton Nazaré do Socorro Martins Mesquita foi assassinado a tiros, na tarde desta quarta-feira (29), por dois homens que estavam em uma moto

Oficial de Justiça é morto a tiros em Novo Repartimento
O servidor foi alvejado a tiros por dois homens que estavam em uma moto

O ato desta noite pretendeu celebrar a vida do servidor morto em serviço e chamar atenção da administração do Tribunal e da sociedade paraense para a insegurança que os servidores sofrem no exercício do trabalho. Colegas de trabalho de Clayton Mesquita informaram que o assassinato dele ocorreu uma semana antes de o servidor ser transferido para o município de Ourém, algo pelo que ele aguardava com grande expectativa. 

Dirigentes do Sindju reforçaram, nas manifestações, o compromisso com relação ao acompanhamento da apuração do crime para que os responsáveis sejam identificados, processados e punidos. O sindicato também se solidariza com a família e os amigos de Clayton Mesquita e reafirma a mobilização pela segurança dos 5 mil servidores do TJPA.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA