Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Professora cimentada: polícia prende o terceiro acusado de envolvimento no crime

Corpo da professora Maria Mendonça dos Santos foi encontrado no dia 31 de julho deste ano, embaixo de uma calçada. Polícia estima que vítima teria sido assassinada no dia 13 de julho

O Liberal

Na última quinta-feira (15), foi cumprido o mandado de prisão contra um homem acusado de envolvimento na morte da professora aposentada Maria Mendonça dos Santos, 72 anos. O corpo da vítima foi encontrado no último dia 31 de julho, enterrado nos fundos da casa onde ela morava, na Passagem Honorato Filgueiras, no bairro de São Brás, em Belém.

Ronildo Santos Carneiro foi preso na zona rural do município do Acará, no nordeste paraense. Ele é apontado como o autor de uma das facadas que provocou a morte da aposentada. O homem é o terceiro acusado de participação no crime, preso pela Polícia Civil, por meio da Divisão de Homicídios (DH).

Ronildo foi encaminhado à unidade policial para os procedimentos necessários, e ficará à disposição do Poder Judiciário, assim como os outros dois acusados, que seguem presos: Luiz Reginaldo Santos Mendonça, sobrinho da vítima, e Jessyca Anielle de Araújo Silva, ex-companheira de Luiz Reginaldo. As investigações apontam que ambos teriam tido participação na morte da aposentada.

LEIA MAIS

‘Professora cimentada’: vídeo mostra o momento em que a polícia encontra o corpo
O corpo da professora Maria Mendonça foi encontrado no dia 31 de julho, "cimentado" no quintal da casa dela, em Belém

'Professora cimentada': preso como suspeito, sobrinho nega participação no crime, diz polícia
Luiz Reginaldo Santos Mendonça, de 45 anos, apontado como suposto assassino, também responde por violência doméstica contra a ex-mulher que foi presa

Professora cimentada: Idosa foi morta a facadas no dia 13 de julho, diz polícia
Dois suspeitos foram presos e apresentados na tarde desta quarta-feira (17) na sede da Divisão de Homicídios, no bairro de São Brás, em Belém

Relembre o caso

​As investigações da Polícia Civil apontaram que a professora aposentada Maria Mendonça dos Santos, foi morta a facadas no dia 13 de julho deste ano. O caso veio à tona depois que familiares sentiram a falta de Maria Mendonça, por volta do dia 31 de julho, e foram à casa da vítima, onde identificaram a falta de bens pertencentes à idosa.

Eles também constataram que um trecho do jardim havia sido substituído por uma calçada de concreto. Após acionar os órgãos de segurança, o corpo foi localizado enterrado sob a calçada, no quintal da casa, enrolado em uma rede de pano.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA