logo jornal amazonia

Polícia conclui perícia em 1,6 tonelada de droga apreendida em carga de pirarucu

A mercadoria das drogas é avaliada quase R$ 35 milhões. Esta é a maior apreensão de drogas deste ano

O Liberal
fonte

O trabalho pericial na identificação da 1,6 tonelada de droga apreendida nas proximidades do município de Óbidos, no oeste do Estado, só foi concluído na tarde desta quinta-feira (19). Os entorpecentes estavam sob a carga de 12 mil quilos de pirarucu dentro de uma embarcação e foram apreendidos na quarta-feira (18). Esta é a maior apreensão de drogas deste ano.

Foram exatamente 1.120,9 quilos de cocaína e 539,5 quilos de skunk, substância conhecida como a ‘supermaconha’. A embarcação vinha de Manaus, no Amazonas, e tinha como destino a cidade de Santarém, também no oeste do Pará. A mercadoria das drogas é avaliada quase R$ 35 milhões.

VEJA MAIS 

image Polícia apreende mais de 700 quilos de drogas e prende duas pessoas em Igarapé-Miri
Apreensão representa um prejuízo de aproximadamente R$20 milhões ao esquema de tráfico de drogas

image Polícia encontra mais de uma tonelada de drogas escondida sob carga de pirarucu
Três tripulantes do barco, onde a drogas estava, foram presos. Os entorpecentes estão avaliados em R$ 35 milhões

image Mais de 15 toneladas de entorpecentes já foram apreendidas em três anos pela Polícia Militar do Pará
A droga mais apreendida é a cocaína, seguida da maconha

A Polícia Civil do Pará (PCPA) conseguiu localizar as drogas depois de receber uma denúncia anônima no disque denúncia 181.

O delegado Silvio Birro, do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) Santarém, disse à reportagem que os três tripulantes presos no barco não tinham passagens pela polícia e as investigações continuam.

“Estamos no prazo flagrancial de 30 dias e continuamos investigando para saber se mais pessoas estão envolvidas. Precisamos saber a origem da droga e coletar mais informações. As investigações estão no início. Falamos com os suspeitos, mas eles não disseram nada de relevante”, contou Birro. 

O trio preso foi encaminhado Centro de Recuperação Silvio Hall de Moura (CRASHM), em Santarém.

Maiores apreensões de drogas em 2022

No dia 15 de junho do ano passado, a PCPA apreendeu 700 quilos de óxi também dentro de uma embarcação ancorada na Vila Maiuatá, em Igarapé-Miri, no nordeste paraense. Dois homens foram presos e autuados em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Os entorpecentes estavam dentro do porão do veículo marítimo. 

Uma semana antes, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 500 quilos de cocaína e crack ocultados no fundo falso de um caminhão em Anapu, sudoeste do Pará. O veículo foi abordado durante fiscalização da equipe policial no quilômetro 495 da BR-230, conhecida como rodovia Transamazônica. A PRF estimou que apreensão resultou num prejuízo de R$ 30 milhões para o crime organizado. 

Dois meses depois, em setembro, a PRF apreendeu 438 kg de cloridrato de cocaína, conhecido como pasta base de cocaína, escondidos na carroceria de uma caminhonete, na rodovia BR-316, em Castanhal, também no nordeste do Estado. A apreensão foi avaliada pela agentes rodoviários em R$ 79 milhões.

 

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA