Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia Civil do Pará prende homem foragido há oito anos por homicídio no Mato Grosso

Ele estava escondido na cidade de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. O homem estava foragido há oito anos

Fabyo Cruz

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (10), o autor de um homicídio ocorrido em 2013, na cidade de Peixoto de Azevedo, no norte de Mato Grosso, ele estava escondido na cidade de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. Segundo a PC matogrossense, ele estava foragido há oito anos.

VEJA MAIS

Faccionado é preso durante operação integrada entre as polícias do Pará e Santa Catarina
Alan de Souza Almeida, mais conhecido como “Grafite”, 31 anos, estava foragido do sistema penal desde janeiro deste ano

Polícia prende foragido do Maranhão em Parauapebas 
Ele foi flagrado com entorpecentes na companhia de outro homem, no sudeste do Pará 

Paraense foragido por homicídio é preso no Rio de Janeiro
Ele é suspeito de matar homem em Barcarena, junto com dois comparsas, por achar que vítima estava envolvida em furto

Policiais civis dos dois estados atuaram juntos para prender o homicida, que não teve o nome identificado. A delegacia de Novo Progresso repassou informações relevantes que auxiliaram a Polícia Civil de Peixoto de Azevedo no cumprimento da ordem judicial. Após a formalização do mandado de prisão, o autor do homicídio foi encaminhado à unidade prisional.

O caso ocorreu no dia 15 de dezembro daquele ano, no bar da Gaúcha, em Peixoto de Azevedo. O motivo seria por causa de um desentendimento banal. O autor junto com um adolescente efetuou vários disparos de arma de fogo contra duas vítimas, no bar da cidade, sendo que somente uma delas sobreviveu.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA