logo jornal amazonia

Padrasto é preso por abusar da enteada de 2 anos e filmar o crime em Belém

Celulares e objetos pessoais do acusado foram apreendidos

O Liberal
fonte

Um homem de 27 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (25), suspeito de abusar sexualmente da própria enteada, uma criança de apenas dois anos, e ainda filmar o crime. Na residência do investigado, foram apreendidos celulares e objetos pessoais, que serão encaminhados à Polícia Científica do Pará (PCP) para análise pericial. A vítima foi localizada e levada aos serviços de proteção e acolhimento.

VEJA MAIS 

image Homem acusado de estuprar menino de 13 anos é preso no nordeste do Pará
O acusado ficará à disposição da Justiça

image Criança de 9 anos é estuprada pelo irmão e por um tio em Mosqueiro; os dois foram presos
Policiais militares do 25° Batalhão chegaram até os suspeitos depois de terem recebido denúncia anônima

image Polícia Federal prende homem com mais de 5 mil arquivos de pornografia infantil em Ananindeua
A prisão ocorreu durante cumprimento de dois mandados de busca e apreensão na casa de investigados por crimes relacionados ao armazenamento e disponibilização de imagens e vídeos contendo cenas de abuso e exploração sexual infantil

De acordo com informações da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca/Santa Casa), comandada pela delegada Emanuela Amorim, responsável pela prisão no âmbito da “Operação Abutens”, as investigações iniciaram na última sexta-feira (20), após o recebimento de denúncia anônima.

Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva expedido pela Vara de Inquéritos Policiais e Medidas Cautelares de Belém, o suspeito foi interrogado e encaminhado à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), onde permanece à disposição da justiça. O homem deverá responder pelos crimes de estupro de vulnerável e armazenamento de pornografia infantil.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA