logo jornal amazonia

Motociclista fica gravemente ferido ao colidir com ônibus em Santarém

O rapaz foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao hospital com suspeita de fraturas

O Liberal
fonte

Um motociclista que não teve identidade divulgada ficou gravemente ferido, na manhã desta segunda-feira (28), durante a colisão entre uma moto e um ônibus, em Santarém, no oeste paraense. O acidente ocorreu na avenida Cuiabá, bairro Caranazal, em frente ao 3º Batalhão de Polícia Militar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer o rapaz. O motociclista foi levado para o Pronto Socorro Municipal com suspeita de fraturas. Não há detalhes sobre o estado de saúde dele. Também não foram divulgadas informações a respeito do motorista do coletivo.

VEJA MAIS

image Acidente na BR-010, entre Irituia e São Miguel do Guamá, deixa duas pessoas mortas
A PRF está no local organizando o transito que está parado e somente ambulâncias podem trafegar. Uma pessoa ferida foi resgatada

image Motorista de micro-ônibus colide contra árvore e morre após ser socorrido em Altamira
A vítima por pouco não atropelou um motoqueiro e, ao desviar da colisão, acabou batendo no vegetal

Segundo informações do site Debate Carajás, o coletivo e o motociclista seguiam no mesmo sentido da via, centro-bairro, quando o condutor da moto teria colidido na parte lateral do ônibus, que faz linha para o bairro Salvação. O rapaz ficou caído ao chão, onde recebeu atendimento da equipe do Samu.

Por conta do acidente, a avenida Cuiabá ficou interditada para os motoristas que seguiam para o centro, enquanto a equipe de socorristas realizava os atendimentos e imobilização da vítima. Em seguida a via foi liberada, e o fluxo seguiu normalmente.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA