Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Morre jovem de 19 anos baleada no Sideral; suspeito segue foragido

Segundo uma irmã da estudante, Édrica foi atingida por quatro tiros, sendo dois abdômen, um na perna e um no braço

O Liberal

A jovem Édrica Moreira, de 19 anos, morreu na manhã desta segunda-feira, 15, não resistindo aos ferimentos após ser baleada na noite da última quinta-feira, 11, em uma rua do conjunto Sideral, em Belém. No mesmo ataque, uma amiga de Édrica também foi baleada, e a família acredita que ela foi vítima de feminicídio. O principal suspeito do crime é um militar do Exército Brasileiro, ex-namorado de Édrica, ainda não foi localizado.

Segundo uma irmã da estudante, Édrica foi atingida por quatro tiros, sendo dois abdômen, um na perna e um no braço, enquanto que a amiga foi ferida na perna. Por volta das 22h30, as jovens voltavam para casa depois de lancharem juntas quando um carro parou perto delas. Um homem saiu do banco de trás e anunciou um assalto. Antes mesmo das jovens entregarem seus pertences, o homem atirou nas duas. Édrica foi mais atingida pelos disparos por ser o alvo do atirador, enquanto a amiga foi baleada na perna e passa bem.

Édrica morreu no hospital (Redes sociais)

A família da jovem acredita que o ex-namorado dela seja o responsável pelo crime, já que ela já havia sofrido agressões e ameaças por parte dele. O relacionamento dos dois teria durado cerca de três meses, e há um mês, a jovem rompeu com o militar, que não aceitou. No final de outubro, a jovem procurou a polícia e pediu uma medida protetiva contra o ex-namorado.

VEJA MAIS

Modelo é morta a facadas por ex-namorado na Cidade Nova, em Ananindeua Acusado, identificado como Lúcio Magno Quadros, não aceitava o fim do relacionamento. Ele foi preso horas depois.

Jovem é morta a tiros em Ananindeua neste sábado Carolina foi baleada em frente de casa por dois homens armados

Segundo a família, o que chamou a atenção é que o suposto assaltante não esperou as jovens entregarem seus pertences e disparou várias vezes contra Édrica, à queima-roupa. Os parentes procuraram a Polícia Civil para denunciar suas suspeitas e as buscas seguem em andamento.

Militar suspeito de matar ex-namorada em Belém segue foragido Edisandro de Jesus da Costa, de 32 anos, é 3º sargento do Exército Militar Brasileiro

Na manhã de hoje, 15, a irmã da jovem confirmou a morte da estudante. "Mana, meu Deus, meu coração dói uma dor que nunca pensei em passar na minha vida. Pensar que você não vai mais voltar, não vamos nos ver. Só queria poder te abraçar por uma última vez. Obrigada por me permitir dizer que te amo uma última vez com você em vida. O teu espaço no meu coração nunca será preenchido por ninguém. Vou tentar ser forte porque sei que era essa a tua vontade, mas me ajuda daí de cima, por favor. Te amo pra sempre, Édrica, pra sempre", disse Stephani Moreira em uma rede social.

Jovem é morta com tiro no peito em Itaituba e cunhada é principal suspeita Jovem de 24 anos foi morta na madrugada e suspeitos ainda não foram localizados

Jovem é morta por ex-namorado após se recusar a reatar namoro Alessandra Costa, de 19 anos, havia terminado com Rafael Araújo, que não aceitou a decisão

 
Em nota, o Comando Militar do Norte informou que o 3º sargento encontra-se de férias. Ele possui um armamento em seu nome que está em situação regular. "A instituição destaca que não compactua com quaisquer atos de violência e os repudia veementemente. O caso está sendo apurado pelos órgãos públicos de segurança competentes", diz o comunicado. Já a Polícia Civil, por meio da Delegacia da Cabanagem, informou que um Inquérito Policial investiga o crime de feminicídio. O caso segue sob apuração e todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas.
 
Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA