Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Marabá: Pai de criança que caiu de ​​jetski estava sob efeito de álcool, diz delegado

Na noite do último sábado (14), data do acidente, Luciano Alves Ferreira foi submetido ao teste do etilômetro, que confirmou a ingestão de 0.47mg/L de bebida alcoólica; além disso, ele não tinha habilitação para pilotar embarcação

O Liberal

O superintendente de Polícia Civil do Sudeste do Pará, delegado Vinícius Cardoso das Neves, informou, na tarde desta segunda-feira (16), que o pai do menino de 3 anos que está desaparecido, no rio Tocantins, em Marabá, foi conduzido à Seccional de Polícia Civil, na noite do último sábado (14), data do acidente. O homem, identificado como Luciano Alves Ferreira, foi submetido ao teste do etilômetro, realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que confirmou a ingestão de bebida alcoólica.

VEJA MAIS

Criança desaparece durante passeio de veículo aquático com o pai em Marabá
A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar o caso

Marabá: menino cai de jet ski e some no Rio Tocantins
Familiares, amigos e técnicos de Segurança Pública fazem buscas sobre o paradeiro da criança

Buscas por menina desaparecida em Marabá entram no quinto dia
O cartaz de pessoa desaparecida com o rosto de Isabela Amaral, de 10 anos, foi produzido pelo Disque Denúncia da região e está sendo distribuído na cidade pela Polícia Civil.

Além disso, na unidade policial, foi constatado que Luciano não possuía permissão nem habilitação para pilotar qualquer tipo de embarcação. O delegado Vinícius confirmou que a criança ainda não foi encontrada. Buscas continuam sendo realizadas.

Um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso, inicialmente tratado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA