Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem alcoolizado ameaça pessoa em situação de rua e é espancado por populares no Telégrafo

Segundo as informações repassadas à PM, o embriagado não teria sofrido grandes ferimentos; ninguém foi detido

O Liberal

Um homem visivelmente alcoolizado foi espancado por populares depois de ameaçar de morte uma pessoa em situação de rua no bairro do Telégrafo, em Belém, por volta das 03h30 desta quarta-feira (10). 

VEJA MAIS

Homem tenta estuprar menino de cinco anos e é espancado por populares
Acusado escapou da tentativa de linchamento após ser capturado por equipes do 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM)

Suspeito de estuprar menina de 11 anos é espancado e preso no Guamá
Vítima teria sofrido a violência no início da noite desta quinta-feira (26)

Sem-teto espancado por personal se desculpa por expor intimidade da mulher
Em entrevista por meio de uma rede social, Givaldo de Souza, 48 anos, falou que foi ‘infeliz’ ao relatar um fato que poderia ter ponderado

A denúncia chegou ao Centro Integrado de Operações (Ciop), da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), por meio do 190. Guarnições da Polícia Militar foram encaminhadas para o local, próximo ao cruzamento da avenida Pedro Álvares Cabral com a avenida Arthur Bernardes.

Mas, chegando lá, o 1º Batalhão da PM foi informado de que o homem já teria sido socorrido e levado a uma unidade de saúde. Ainda segundo as informações repassadas por populares à polícia, o embriagado não sofreu grandes ferimentos.

Não há informações sobre o que teria motivado a ameaça contra a pessoa em situação de rua e estado de saúde ou identidade do homem espancado. Ninguém foi detido.

Não foi registrado Boletim de Ocorrência sobre o caso.

Denúncias podem ser feitas 24 horas por dia ao Ciop por meio do 190.

 
Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA