Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Funcionários retiram o que restou das mercadorias após incêndio de mais de 15 horas

Abalados, eles parecem ainda não acreditar no incêndio de grandes proporções que destruiu o local

Ana Laura Carvalho / O Liberal

Funcionários do Mercadão das Peças, no bairro do Telégrafo, em Belém, retiraram na tarde desta segunda-feira, 10, os poucos instrumentos de trabalho que restaram no local que vem sendo consumido pelo fogo desde a noite de domingo, 9. 

Funcionários retiram o que restou das mercadorias após incêndio de mais de 15 horas

Dentre os materiais que estão podendo ser salvos, estão as motocicletas e carrocinhas usadas para fazer entregas aos clientes. Abalados, eles parecem ainda não acreditar no incêndio de grandes proporções que destruiu o local de trabalho.

Após entrarem na loja incendiada, os funcionários encontraram 20 motocicletas que escaparam das chamas. Os veículos são retirados pelos próprios trabalhadores.

VEJA MAIS

Bombeiros conseguem controlar incêndio em loja no Telégrafo após 18 horas Mais de 12 viaturas foram envolvidas no combate às chamas e mais de cem mil litros de água já foram utilizados

Incêndio de grandes proporções atinge loja de autopeças, Mercadão das Peças, no Telégrafo, em Belém Fogo começou na noite deste domingo (9), no estabelecimento localizado na avenida Senador Lemos. Não há feridos, segundo o Corpo de Bombeiros

Vila no Telégrafo é desocupada às pressas por conta do incêndio no Mercadão das Peças Ordem foi da Defesa Civil, que identificou riscos no combate ao incêndio que já dura quase 14 horas ininterruptas. Moradores saíram com o que podiam em mãos.

'A gente está anestesiado', diz morador de vila atingida em incêndio no Telégrafo Moradores da vila São José sofreram com fumaça tóxica e medo de saqueamentos na madrugada desta segunda-feira (10)

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA