logo jornal amazonia

'Cavalo Manco' é morto a tiros enquanto andava de bicicleta na BR-316, em Santa Maria do Pará

Cápsulas de espingarda foram achadas pela polícia perto do corpo da vítima

O Liberal
fonte

Um homem, identificado apenas pelo apelido de “Cavalo Manco”, foi assassinado a tiros na manhã desta segunda-feira (23) enquanto andava de bicicleta na rodovia BR-316, no bairro Trecho Seco, distante do centro da cidade de Santa Maria do Pará, nordeste do Estado. A polícia não soube esclarecer o que teria motivado o homicídio

VEJA MAIS

image Homem é morto com golpes de tijolo e de faca em Marabá
No local do crime, prevaleceu a “lei do silêncio”; motivação do homicídio é desconhecida

image Homem é assassinado a tiros no Curuçambá, em Ananindeua
Crime foi praticado no sábado (21) à noite, e vítima teria sido alvejada com quatro disparos à queima-roupa

image Jovem é assassinado a tiros em atentado na cidade de Barcarena
O caso ocorreu por volta das 6h40 desta segunda-feira (8) e um Gol prata teria

O crime teria ocorrido, por volta de 10h30, perto de um lixão, nas proximidades de onde a vítima morava

O 42º Batalhão, da Polícia Militar, foi acionado ao caso. Assim que os militares chegaram no local do crime, encontraram "Cavalo Manco" morto perto de uma bicicleta de cor branca. O rapaz vestia uma camisa preta, de manga florida e bermuda escura. 

Os policiais encontraram cápsulas de espingarda ao lado do corpo do ciclista. Um boné preto foi achado também perto do cadáver contendo dois buracos. De acordo com a PM, a vítima foi baleada nas costas e na cabeça, o que pode indicar que os disparos de arma de fogo acertaram o boné.

A Polícia Civil do Pará informou que, na última segunda-feira (23), foi acionada para averiguar um suposto homicídio causado por disparo de arma de fogo, ocorrido no bairro Trecho Seco, na cidade de Santa Maria do Pará. Ao chegar ao local, encontrou o corpo de um homem conhecido na região como “Cavalo Manco”.

Perícias cabíveis foram solicitadas e o local foi isolado até a chegada da Polícia Científica. Equipes da Polícia Civil seguem realizando diligências para identificação da autoria e motivação do crime, bem como completa identificação da vítima.
Informações que auxiliem nas investigações podem ser repassadas via Disque-Denúncia, número 181. O sigilo é garantido.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA