logo jornal amazonia

Assédio sexual em escola de Belém é investigado pela Polícia Civil; servidor foi afastado

Após manifestação, na manhã desta quinta-feira (20), o servidor foi conduzido pela Polícia Militar a uma delegacia

O Liberal
fonte

Um servidor da escola estadual Doutor Freitas, em Belém, foi afastado por conta de uma investigação de supostos casos de assédio sexual contra alunas da instituição. O caso mais recente teria ocorrido na quarta-feira (19), quando uma aluna teria sido apalpada pelo suspeito. O caso foi levado à administração da escola e chegou ao conhecimento da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Na manhã desta quinta-feira (20), ele foi conduzido pela Polícia Militar a uma delegacia para prestar depoimento.

O servidor, já afastado, havia ido trabalhar nesta quinta. Estudantes então fizeram uma manifestação em frente à escola, que fica na avenida Generalíssimo Deodoro. A PM foi ao local e então deteve o homem, que trabalhava em serviços gerais. No local, os manifestantes diziam não ser o primeiro caso envolvendo o suspeito.

LEIA MAIS

image Influenciador digital é preso por assediar adolescente dentro de banheiro
O assédio sexual aconteceu em um shopping, mas o adolescente - de 13 anos – conseguiu fugir do local e pediu socorro

image Empresário é chantageado após receber nudes de suposta adolescente
O empresário recebeu nudes de uma adolescente que disse ter 15 anos. Após o envio das imagens, a suposta adolescente e o pai passaram a extorqui-lo.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) ressaltou que repudia qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes, principalmente no âmbito escolar. "A Secretaria reitera que, assim que tomou conhecimento do caso, afastou o servidor de suas funções e instaurou um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias do fato. A Polícia Militar conduziu o suspeito até a Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca).".

Ainda de acordo com a nota da Seduc, "a Polícia Civil informa que o caso está sendo investigado por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca) Santa Casa de Misericórdia. A vítima recebeu escuta especializada e acompanhamento psicológico por meio de equipes da Fundação Parápaz. Diligências  estão sendo realizadas para ouvir outras testemunhas. O inquérito que apura o caso corre sob sigilo.", detalhou.

image Homem acusado de assédio sexual é agredido por irmãs da vítima, em Bragança
A mulher estaria dormindo durante o ato e acordou, alertando a família do que estaria acontecendo

image MPPA assegura aborto legal para mulher vítima de estupro no nordeste do Pará
A instituição interviu junto ao Poder Judiciário pela interrupção da gravidez, o pedido foi autorizado

image Prisão preventiva de professor acusado de estupro em Castanhal é homologada pelo MP
De acordo com o Ministério Público, a manifestação da entidade se deu com base nas provas testemunhais

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA