Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Condenado por mais de 100 estupros em Goiás é recapturado no Pará

Ele foi preso em Belém neste domingo (15), informou a polícia

O Liberal

Wanderson Alves Carvalho, mais conhecido como "Dentinho", foi recapturado na tarde do último domingo (15) em Belém. Segundo detalhou a Polícia Civil de Goiânia (GO), ele era considerado foragido desde dezembro de 2021, após fugir do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. O estuprador é acusado de cometer mais de 100 estupros, que lhe renderem a pena de 196 anos de prisão. As informações são dos veículos O Impacto, Metrópoles e da TV Ananhguera.

O abusador foi localizado na capital paraense durante um trabalho conjunto da Polícia Penal do Estado de Goiás e das forças de segurança do Pará, conforme informou a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária de Goiás. 

VEJA MAIS

Acusado de roubo e estupro no Parque do Utinga tem habeas corpus negado
Decisão é do TJPA em sessão ordinária de segunda (9)

Homem é preso por suspeita de estuprar sobrinho em matadouro de gado no Pará
Vítima tem 14 anos. Ao saber do crime, mãe da vítima expulsou o irmão de casa e denunciou caso à polícia.

A fuga

O acusado se aproveitou do momento em que fazia um trabalho de limpeza em uma das unidades do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia para fugir. Na época, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) abriu investigação para apurar as circunstâncias da fuga imediatamente após o episódio.

Segundo a DGAP, o homem tinha sido escoltado da Penitenciária Odenir Guimarães (POG) para base do Grupo de Guaritas e Muralhas (GGM) para realizar os trabalhos, mas, no início da noite, as equipes do Grupo de Guarita,que retornaram à POG perceberam que o preso não havia voltado para o estabelecimento prisional.

Homem obriga jovem a fazer sexo oral e é preso horas depois em Ananindeua
A Polícia Civil investiga mais dois casos de violência sexual praticada pelo suspeito no Acará, nordeste do Pará

Pai é preso suspeito de abusar sexualmente da própria filha, em Breves
O homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Breves, onde está preso, à disposição da justiça; ele deverá responder pelo crime de estupro de vulnerável

Os crimes

Wanderson Carvalho agiu entre os anos de 2001 e 2004, em Goiânia e na região metropolitana. Ele foi preso no ano de 2004 sob a acusação de cometer os estupros. A polícia informou que ele costumava usar uma bicicleta, vestia boné e bermuda. Ele abordava, principalmente, universitárias.

A tática era quase sempre a mesma. Ele pedia uma informação na rua e, quando a mulher ia responder, ele a atacava com uma arma. Em seguida, levava a vítima para uma área baldia, estuprava e roubava pertences, como jóias e celulares.

Wanderson chegou a fugir da prisão numa situação anterior, em maio de 2004, em Paraúna (GO), a 160 quilômetros de Goiânia. Nessa fuga, a polícia levou quase um mês para localizá-lo.

Justiça condena homem a 17 anos de prisão por estupro, tortura e violência doméstica, em São Miguel
Ele cometeu os crimes contra a namorada  

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA