Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Perder Sebastião Tapajós é mergulhar num silêncio profundo', diz secretária de Cultura do Pará

Ursula Vidal fala de projetos que estavam previstos para o músico, incluindo futuras homenagens

Ândria Almeida

O músico Sebastião Tapajós estava prestes a completar 80 anos, antes de ter partido, abruptamente, devido um infarto no sábado (2). Programações estavam previstas para as homenagens. O Instituto Sebastião Tapajós estava programando os 80 anos junto com a Secretaria de Estado de Cultura (Secult), com uma segunda edição da série "Violões do Pará" dedicada à obra de Tião, como era conhecido.

"Perder Sebastião Tapajós é mergulhar num silêncio profundo. Águas que ficam paradas e Sebastião era isso: essa energia, encantamento das florestas, das águas, do movimento, da criatividade, da generosidade. A gente não entende bem o que acontece com essa perda, já que ele é tão cheio de vida e estava tão cheio de projetos", disse Ursula Vidal, titular da Secult.

VEJA MAIS

'O maior músico paraense': amigos se despedem com homenagens a Sebastião Tapajós
Por ter encantado o mundo com suas cordas, músico falecido no sábado recebe homenagens emocionantes

Conheça a obra marcante de Sebastião Tapajós, que abraçou o mundo com mais de 60 álbuns
Sucesso nos Estados Unidos, Alemanha e Argentina, músico paraense deixa um legado do tamanho do mundo

Governo do Pará decreta luto oficial de 3 dias pela morte do violonista Sebastião Tapajós
A informação foi compartilhada nas redes sociais do Governador Helder Barbalho.

Luto! Violonista Sebastião Tapajós morre em Santarém aos 79 anos
Músico estava internado em um hospital vítima de um infarto. Ele chegou a ser encaminhado para o setor de reanimação, mas não resistiu

Ursula concluiu: "Essa partida nos deixa num estado de silêncio que vai demorar a curar. Mas agora devemos nos encharcar da música do Tião e do legado dele, dos momentos de alegria que eram estar com ele, que era essa festa. Ele era um dos gênios da música mundial, reconhecido internacionalmente. Sempre esteve disponível para abrir palco para todos e para novos talentos. Ele estava sempre cheio de amanhã".

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ