Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: Polícia identifica proprietários da embarcação clandestina

Toda a operação ocorria fora da lei: desde o porto de partida, embarcação e porto de para onde a chegada estava prevista

Igor Reis

Os proprietários da lancha Dona Lourdes 2, que naufragou na manhã desta quinta-feira (8), na ilha de Cotijuba, em Belém, já foram identificados pela Polícia Civil. Em entrevista coletiva, o governador Helder Barbalho destacou que, pelas investigações, toda a viagem era clandestina: desde o porto de onde a embarcação partiu, a própria embarcação e o porto para onde os passageiros se dirigiam, em Belém. Havia 82 passageiros na embarcação. Possivelmente, estava superlotada. Pelo menos 11 pessoas morreram e 63 sobreviventes foram identificados e cadastrados.

VEJA MAIS

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: proprietários de embarcação serão investigados por homicídio doloso
Para a Polícia Civil, pelos primeiros relatos, os proprietários da embarcação assumiram o risco de das mortes

Naufrágio Ilha de Cotijuba: empresa foi notificada e teve outra embarcação apreendida, diz governo
Informações foram repassadas pelo Estado, durante entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (8)

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: Polícia identifica proprietários da embarcação clandestina
Toda a operação ocorria fora da lei: desde o porto de partida, embarcação e porto de para onde a chegada estava prevista

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: 11 mortes foram confirmadas e 63 pessoas sobreviveram
Em coletiva, na tarde desta quinta-feira (8), o governador Helder Barbalho fez uma nova atualização dos números

A proprietária da embarcação, Meire Ferreira de Souza, já era investigada por trabalhar com embarcações clandestinas e operações ilegais de transporte fluvial de passageiros. O filho dela, Marcos de Souza Oliveira, de 34 anos, é que estava comandando a embarcação. A partida foi de um porto clandestino em Cachoeira do Arari, na Ilha do Marajó. O homem está sendo procurado.

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: saiba como ajudar com informações
O acidente aconteceu na manhã de quinta-feira (8), nas proximidades da praia da Saudade, na Ilha de Cotijuba, em Belém

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: Paysandu divulga nota em solidariedade às vítimas
Até o momento, 30 pessoas já foram resgatadas e 14 morreram.

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: Paysandu divulga nota em solidariedade às vítimas
Até o momento, 30 pessoas já foram resgatadas e 14 morreram.

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: confira a lista de sobreviventes
Listagem de pessoas resgatadas com vida foi confirmada pelo Samu

Outras duas embarcações da família já haviam sido apreendidas pela Marinha do Brasil. Todas as notificações e autuações foram feitas pela Agência Reguladora de Serviços Públicos do Pará (Arcon) e Capitania dos Portos. E mesmo com outras embarcações ilegais apreendidas e multas aplicadas, Marcos continuou fazendo operações ilgais de transporte de passageiros.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ