Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Naufrágio na ilha de Cotijuba: Defesa questiona números do naufrágio com a lancha 'Dona Lourdes II'

O advogado criminalista Dorivaldo Belém, que atua na defesa do comandante da lancha “Dona Lourdes II”, Marcos de Souza Oliveira, 34 anos, disse que, no momento do acidente, a embarcação seguia com menos passageiros do que está sendo contabilizado pelas autoridades

O Liberal

Durante a entrevista concedida à reportagem de O Liberal, neste domingo (11), o advogado criminalista Dorivaldo Belém, que atua na defesa do comandante da lancha “Dona Lourdes II”, Marcos de Souza Oliveira, 34 anos, questionou dados informados pelas autoridades até o momento. O criminalista defendeu que a embarcação transportava menos passageiros do que está sendo contabilizado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). Na noite deste domingo (11), a secretaria confirmou 22 mortes e 65 sobreviventes, o que totaliza 87 passageiros e cinco a mais da capacidade máxima da embarcação, de 82 lugares. No entanto, Dorivaldo Belém afirmou que, com base no que já apurou com o comandante Marcos Oliveira, no momento do acidente, havia 75 passageiros a bordo.

“Ele (Marcos Oliveira) diz que tinha menos. Na conta dele, daria menos de oitenta (pessoas). Mas isso será contabilizado, tanto no inquérito policial como no inquérito administrativo da Capitania dos Portos. Mas o fato de a lancha naufragar, não é porque passou um ou dois passageiros. Mas pela questão das forças da natureza. Algo incomum que provocou o naufrágio”, disse, ao destacar que Marcos pilota barcos desde os 12 anos de idade.

VEJA MAIS

Sobe para 22 o número de mortos no naufrágio da lancha 'Dona Lourdes II'
Dos 22 mortos, 18 eram adultos e três crianças. Um dos corpos encontrados neste domingo (11) não teve o sexo identificado, porque o resgate ainda está em curso

Naufrágio na ilha de Cotijuba: ‘Te amo’, disse universitária a familiares antes de morrer
Os corpos da estudante de engenharia florestal Ananda Luiza Barreto da Silva, de 18 anos, e do pai dela José Luís Rodrigues da Silva, mais conhecido como “Zé Luís”, de 63 anos, foram localizados no último sábado (10), presos dentro dentro da lancha “Dona Lourdes II”

“Ele tinha habilitação da Capitania (dos Portos), acostumadíssimo nesse trecho, a lidar com a maré. Desde os doze anos, ele pilota. Adolescente, estava aprendendo em pequenas embarcações. Claro, era irregular”, reconheceu. “Mas, para embarcações de passageiros, ele tem habilitação para comandar embarcações com uma capacidade muito maior de passageiros e de carga”, afirmou.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ