Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Governo do Pará assina acordo de cooperação com entidade gestora do Fundo Amazônia Oriental

Durante o evento também será anunciada a primeira doação de recursos para o FAO. O Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio)

O Liberal

O Fundo da Amazônia Oriental (FAO) recebe sua primeira doação, o Instituto Clima e Sociedade (ICS) faz o investimento de de R$ 1 milhão para o desenvolvimento dos projetos que fazem parte do Plano Estadual Amazônia Agora. O anúncio foi feito durante a Primeira Reunião do Comitê Gestor do Fundo da Amazônia Oriental - CFFAO, presidido pelo governador Helder Barbalho.  Durante o evento, também foi foi assinado o Acordo de Cooperação que faz do FUNBIO a entidade gestora do FAO.

“Hoje nós assinaremos a primeira parceria efetiva ao Fundo Amazônia Oriental, isso representa para nós credibilidade, representa confiança, deles que enxergam em nós o projeto seguro, sólido, responsável e que sabe o tamanho do desafio, mas também sabe qual é a caminhada e por onde se deve caminhar para chegar ao destino que todos nós queremos. Que seja uma Amazônia para todos, para os amazônidas, ao mesmo tempo em que a Amazônia, certamente protegida, continuará sendo o equilíbrio para o planeta, mas ao tempo em que também buscamos justiça social e desenvolvimento para aqueles que vivem aqui. Viva o Fundo Amazônia Agora, viva o trabalho coletivo, neste dia histórico em favor da floresta, do clima e da humanidade”, disse Helder.

A doação será feita numa única parcela. “O FAO é uma demonstração que os paraenses e os amazônidas são protagonistas do seu próprio futuro e que esse é sustentável e com a floresta em pé. O Fundo demonstra que os paraenses compreendem, melhor do que ninguém, que a conservação e o uso sustentável da Amazônia é um dos pilares da nova geopolítica ambiental. E o protagonismo do Pará é a nível global, e FAO concretiza a urgência da agenda climática e que o papel do controle do desmatamento para atingir a meta do Acordo de Paris é fundamental ”, agregou a Diretora Executiva do ICS, Ana Tôni.  

Secretário de Meio Ambiente celebra participação do Pará em eventos em Nova York Mauro O'de Almeida destacou a presença do Pará em dois eventos: Semana do Clima de Nova York e o Global Citizen Live

“O Fundo surge num momento único. Nos últimos anos, eventos extremos custaram vidas e causaram prejuízos em todo o mundo: chuvas, enchentes, fogo. E foram associados a um problema comum: as mudanças climáticas. Quando se fala nelas, a Amazônia vem à mente em todo o planeta. Nesse contexto, o Brasil, e em especial a Amazônia, são percebidos como um desafio central, mas também como o cerne da solução. O FAO é um exemplo da postura proativa do Pará rumo a atividades concretas para uma economia sustentável de baixo carbono que criará um legado para as próximas gerações. É sinônimo de ação num estado fundamental para a conservação da Amazônia”, ressaltou Rosa Lemos de Sá, secretária-geral do FUNBIO, gestor do FAO

Para o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro O’de Almeida, é fundamental uma maior participação da iniciativa privada para viabilizar a expansão e a inclusão socioeconômica na região da Amazônia. “Por tudo isto, penso que hoje é um dia de celebração, mas também um dia para nos renovar o fôlego e, principalmente, renovar o senso de responsabilidade de que o desafio é grande, é longo e exigirá compromisso no nível nacional, compromisso no nível internacional. É importante agir com inteligência e senso de urgência”, ponderou o secretário da Semas.

O Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) será responsável pela captação, execução e prestação de contas de recursos na ordem de R$ 300 milhões iniciais nos próximos quatro anos. Os investimentos serão voltados para ações ligadas ao Plano Estadual Amazônia Agora, como o combate ao desmatamento e a descarbonização das atividades econômicas no estado, recomposição florestal e investimentos em ativos de bioeconomia e serviços ambientais no Pará.

O Fundo Amazônia Oriental é um mecanismo privado, reconhecido pelo Governo do Pará como instrumento de alcance das metas fixadas em políticas públicas estaduais, de maneira perene, mas com especial atenção aos compromissos firmados pelo Estado até 2036.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ