Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Estado alerta sobre os incidentes com carros em Salinópolis comuns nesta época do ano

Cartazes informativos estão sendo colocados em locais estratégicos para informar os horários das marés

O Liberal

Órgãos de segurança alertam sobre cuidados com incidentes relacionados a carros em Salinópolis. Todos os anos, no período de veraneio, é comum os banhistas terem prejuízos com os veículos que ficam atolados com a subida da maré. Até esta sexta-feira (16), no mês de julho, houve apenas um incidente no qual um carro ficou preso. 

A atenção deve ser redobrada quanto ao comportamento na praia, horário das marés e cuidados com as crianças. Estão sendo colocados cartazes em locais estratégicos nas praias, com horários das marés, para que os veranistas fiquem atentos e evitem esse tipo de contratempo.

Carros de luxo de R$ 200 mil ficam submersos no mar em Salinas Pelo menos quatro veículos ficaram atolados na praia do Atalaia segundo órgãos de segurança

Segundo fim de semana de julho tem aumento de veranistas em Salinas, mas máscaras são ignoradas Segup confirma movimento maior: visitantes voltaram a hotéis e residências e movimentaram praia com carros

A Defesa Civil, disponibiliza equipes nas proximidades da rampa de acesso à praia do Atalaia, onde abordam os veículos de piquenique e carros de passeio para prestar esse tipo de orientação. 

Já o Departamento de Trânsito do Pará (Detran) também atua com a prevenção através da informação. Além disso, o órgão tem o auxílio de dois carros e duas caminhonetes com guincho para tentar ajudar em caso de incidentes nas praias.

“É importante obedecer a orientação dada pelos agentes de segurança no sentido de retirar o carro. A maioria dos banhistas obedece. Já outros, não escutam e não querem aceitar as orientações. Estes, acabam tendo alguns problemas quando a maré enche e o carro acaba sendo coberto pela água”, informa José Bento Gouveia, diretor técnico-operacional do Detran.

O Corpo de Bombeiros do Pará aconselha que, se o carro atolar em um local próximo da base dos bombeiros, é importante informar aos agentes que eles irão prestar atendimento. Se o local for muito afastado, é indicado - quando possível -  um guincho particular para tentar fazer a retirada do carro.

“ A principal orientação aos banhistas que ficam com os carros na praia, é sobre os horários do preamar (quando as marés começam a encher), já que as praias de Salinópolis têm certas peculiaridades. Quando a maré está enchendo, por exemplo, primeiro enchem os canais e somente depois se forma um círculo de água na praia que impede a passagem dos veículos”, explica o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Átila das Neves Portilho.

 

(Bruna Ribeiro, estagiária, sob supervisão de Victor Furtado - coordenador do núcleo Atualidades)


 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ