Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cratera continua impossibilitando tráfego em Santa Luzia do Pará, no nordeste paraense

No local foi aberta uma cratera impossibilitando o tráfego de veículos e pedestres

Patrícia Baía

O km 169 da BR-316, no município de Santa Luzia do Pará, no nordeste paraense, permanece interditado devido ao rompimento das estruturas ocasionado pelas fortes chuvas na região, que caíram principalmente durante a segunda semana do mês de maio. No local foi aberta uma cratera impossibilitando o tráfego de veículos e pedestres.

VEJA MAIS

Com ponte quebrada, passageiros precisam descer de ônibus e atravessar estrutura a pé
Idosos, crianças e pessoas com deficiência precisam descer do ônibus e atravessar a ponte na PA-324

Estado assegura assistência às famílias atingidas pelas fortes chuvas em Ourém
A depender das necessidades dos grupos familiares, eles vão receber cestas de ajuda humanitárias, kit dormitório, kit de higiene, água mineral.

Cheia em Ourém: áreas de deslizamento estão sendo monitoradas pela Defesa Civil
Cidade registrou alagamento após chuvas intensas na região

Para veículos de pequeno porte (até van, no máximo), há um desvio de 600 metros no km 169 da BR-316 (local do rompimento), que passa por dentro da vila de São Sebastião, em Santa Luzia do Pará.

Orientação da PRF

A orientação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é para que veículos pesados, que estão no sentindo capital para a região nordeste, acessem a BR-010 até Açailândia e posteriormente a BR-222 até Santa Inês, para então voltar ao acesso a BR-316. No sentido região nordeste para a capital, a rota é a mesma, mas inversa.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ