CNH Pai D'Égua: 1,5 mil paraenses foram habilitados pelo programa em dois anos

Habilitação dá oportunidade de trabalho para muitas pessoas contempladas no programa

Camila Guimarães
fonte

Desde junho de 2021, 1.546 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) já foram emitidas pelo Programa "CNH Pai D'Égua", voltado para formar, qualificar e habilitar jovens de baixa renda como condutores de veículos automotores, de forma gratuita.

VEJA MAIS

image Carteira de Habilitação: saiba o que significam as novas categorias do documento
Pensando na confusão que essas modificações podem gerar aos motoristas, o Oliberal.com explicou o que significa essas categorias; confira

image CNH: Prazo para finalizar a 1ª carteira de habilitação é prorrogado por mais um ano
Medida do Contran vale para todos os processos ativos no órgão

image Belém terá todo o efetivo da Guarda Municipal habilitado para porte de arma até final de dezembro
O anúncio foi feito nesta segunda-feira (7) pelo órgão; profissionais da segurança passam, também, por curso de habilitação

As inscrições começaram em setembro de 2021 e as matrículas para iniciar o processo para a habilitação, ainda em outubro. Alguns municípios receberam mutirões de exames teóricos e práticos específicos para o programa, adiantando o processo de dezenas, em alguns locais, até centenas de candidatos de uma só vez. As entregas das CNHs, após a conclusão do processo, iniciaram em junho de 2022. 

Graciele dos Anjos, de 28 anos, é uma das novas motoristas habilitadas. Ela conta que foi uma ajuda que veio na hora certa, já que sua habilitação estava para vencer. A jovem aproveitou a oportunidade para realizar algo que já queria há tempos, mas não conseguia por falta de condições financeiras: trocar de categoria.

"Eu era A/B e troquei para D. É um valor alto para fazer a troca. Agora minha carteira é de quem exerce trabalho remunerado. Estou na área de aplicativo, que é minha única fonte de renda no momento. Acho que esse programa da CNH gratuita muito bom, porque é um valor alto para emitir o documento e fazer a troca de categoria e isso incentiva as pessoas a ter sua documentação toda regular", reconhece Graciele.

Para a diretora geral do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), Renata Coelho, a iniciativa assegura o acesso à CNH a pessoas que precisam usar a carteira para incrementar a renda e ajudar na sobrevivência das famílias. Ela conta que, atualmente, outros processos estão sendo finalizados com a expectativa de contemplar mais 5 mil usuários no programa.

Natália Passinho, 29, conta que a oportunidade de ter a carteira de habilitação devolveu a ela a esperança de voltar a ajudar sua família com a qualificação necessária para que ela trabalhasse profissionalmente com transporte de pessoas.

"Tenho alguns parentes que trabalham como feirantes, inclusive meu pai, e eu que faço o transporte deles, em uma kombi. Mas eu dirijo desde moto até van. Então essa categoria D me trouxe a possibilidade de fazer esse transporte e talvez, futuramente, trabalhar de carteira assinada. Essa categoria possibilita diversas oportunidades no mercado de trabalho", finaliza.

Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ