Fiéis celebram 80º Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Marituba

A festividade começou no dia 11 e vai até 20 de novembro na cidade da Região Metropolitana de Belém

Daleth Oliveira

Marituba celebrou na manhã deste domingo (13) a 80° edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, no dia 13 de novembro, com tema “Maria, modelo de unidade e de evangelização”. A festividade começou no dia 11 e vai até 20 de novembro na cidade da Região Metropolitana de Belém.

VEJA MAIS

Fiéis de Marituba celebram Nossa Senhora de Nazaré em Círio neste domingo
A programação faz parte da festividade da padroeira que inicia nesta sexta-feira (11) e segue até o dia 20 de novembro

Confira a mensagem da prefeita de Marituba, Patrícia Mendes, aos paraenses pelo Círio de Nazaré
Chefes do Poder Executivo nacional, estadual e municipal

A procissão saiu às 7h30 da Comunidade Nossa Senhora das Graças, na Rua do Fio, após celebração eucarística presidida pelo Pároco, Padre Jeilson Soares da Silva. Agentes da Diretoria de Trânsito de Marituba (Diretran) deram apoio aos fiéis que seguiram a pé pela Avenida João Paulo II, Rua Célio Mota e Rua Souza Araújo, até a Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, no Bairro Dom Aristides, onde foi celebrada uma missa encerrando a procissão.

Para Fabrício Rocha, vice-coordenador da Guarda de Nazaré de Marituba, a festividade deste ano era muito aguardada, por não ter mais restrições referentes à pandemia da covid-19. “Muita gratidão por, depois de dois anos de pandemia, voltarmos às ruas sem medo, com fé e graça de Nossa Senhora. Estamos trabalhando com mais de 100 guardas locais, além de 200 convidados de comunidades vizinhas. E para gente é uma honra fazer esse trabalho”, declarou.

Vice-coordenador da Guarda de Nazaré de Marituba, Fabrício Rocha (Sidney Oliveira / O Liberal)

Em meio à multidão que seguia a Berlinda, uma anjinha chamava atenção. De apenas 2 anos de idade, Paula Valentina, seguia a Imagem no colo de sua avó, Edinaura Costa, 45, vestida de anjo. A dona de casa contou que estavam ali pagando uma promessa pela saúde da menina. “Meses atrás ela engoliu uma pilha e passamos um sufoco. Foram quatro dias no pronto socorro sem saber o que fazer. Então disse à Nossa Senhora que se minha neta ficasse bem, eu participaria do Círio com ela, e aqui estamos”, testemunhou a fiel.

Paula Valentina, seguia Nossa Senhora de Nazaré no colo de sua avó, Edinaura Costa (Sidney Oliveira / O Liberal)

Homenagens

Durante todo o percurso, centenas de moradores prestaram homenagens à Nossa Senhora de Nazaré em frente de suas casas, como a senhora Maria Leite, 72 anos, na Rua do Fio. Exemplo de fé e persistência, ela, com ajuda das filhas, enfeitou a calçada para ver a Imagem passar.

Maria Leite, 72 anos, devota de Nossa Senhora de Nazaré (Sidney Oliveira / O Liberal)

“É um dos dias do ano mais esperado por mim e eu estava com muita saudade da minha mãe. Estou aqui pedindo saúde, graça. Estou dodói mas sei que ela vai me curar”, disse emocionada, sentada em uma cadeira de rodas.

Mais a frente, foi a vez do projeto Marituba Feliz homenagear Nazaré. Na ocasião, oito crianças expressaram a fé por meio do balé. A entidade atende cerca de 90 crianças com aula de dança gratuita, disse o responsável e conselheiro tutelar, Rosivan Matos. “Hoje nós estamos aqui agradecendo por todas as graças alcançadas e pelas bênçãos que têm sido derramadas nas famílias por meio desse projeto social”, falou agradecido.

Trabalhadores da área da saúde aproveitaram a passagem da Santa para pedir bênçãos. No Hospital Divina Providência, na avenida João Paulo II,  a homenagem foi com cânticos, altar e orações. “Todo ano fazemos essa apresentação na frente do hospital para pedir saúde a todos nós, em especial aos atendidos por nós. É muito gratificante!”, falou a higienista Elisângela Araújo, 40.

Higienista do Hospital Divina Providência, Elisângela Araújo (Sidney Oliveira / O Liberal)

No abrigo João Paulo II, ex-colônia de hansenianos, a emoção tomou conta durante a passagem da Imagem. Idosos atendidos pela unidade de saúde, que sofrem com as sequelas da hanseníase, puderam ver de perto e tocar o manto da Virgem de Nazaré.

Idosos do abrigo João Paulo II recebem Imagem de Nossa Senhora de Nazaré (Sidney Oliveira / O Liberal)

“Momentos como esse são muito importantes para eles. Todos nós ficamos tocados, até mesmo quem não é católico praticante como eu. Alguns choram, pedem bênçãos e mais saúde, mas também agradecem pela vida e exercem a fé em Maria”, disse o enfermeiro Jorge Souza.

Programação

A festividade seguirá até o próximo dia 20, com terço sempre às 19h e missa às 19h30, presididas por padres convidados e atrações culturais. 

No dia 18, a Santa Missa será com Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo de Belém, às 19h, e no dia 20, ocorrerá o Círio das Crianças, com Santa Missa às 7h30, presidida pelo Pároco, Padre Jeilson Soares da Silva, na Comunidade São José Operário. À noite ocorre a missa de encerramento também conduzida pelo Pároco.

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ