Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Alagamento em Castanhal: Câmara sugere construção de ponte na BR-316

Canal da Avenida Paulo Titan até a Rodovia BR-316 transbordou e tem prejudicado a população local. Proposta de ponte foi feita pela câmara de Castanhal ao DNIT

Patrícia Baía

A audiência pública realizada na Câmara Municipal de Castanhal pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para tratar do Projeto de Bueiro no Km 62,7 da rodovia BR-316, que transpõe as águas do Igarapé Castanhal, canalizado na Avenida Paulo Titan foi tumultuada.

Os moradores do bairro Nova Olinda, por onde passa o canal, e os vereadores cobraram uma solução por parte do DNIT para os alagamentos das vias no entorno da obra que foi realizada pelo órgão em julho do ano passado. A galeria construída no local seria pequena para suportar o volume das águas.

VEJA MAIS 

Vai chover? Veja como evitar acidentes com a rede elétrica dentro e fora de casa
O inverno amazônico causa fortes chuvas, ventanias, alagamento e possíveis quedas de galhos na fiação elétrica. Isso provocar curtos-circuitos e até acidentes. Confira algumas dicas que podem ajudar a preveni-los.

Após alagamento, mais de 10 cobras são encontradas em Belém
Os répteis foram recolhidos em área urbana, perto do campus da UFPA, no Guamá

De acordo com a vereadora Paula Titan, a obra realizada pelo DNIT apresenta muitas falhas técnicas e, devido as fortes chuvas do inverno paraense, os moradores têm sofrido com alagamentos severos que resulta em perdas materiais. “Estamos cobrando medidas efetivas e concretas por parte do órgão federal mas infelizmente já tivemos a resposta de que a solução para resolver o problema o DNIT não está se propondo a fazer, que seria a construção de uma ponte no local onde foi feita a obra”, alegou.

Durante a audiência o superintendente do DNIT, Marcelo Sortica falou sobre o problema na via e seu discurso causou revolta nos moradores que assistiam a audiência exibindo cartazes e fotos dos últimos alagamentos. “O alagamento se deve à falta de manutenção e limpeza por parte da prefeitura do município e também pela falta de consciência ambiental da comunidade que descarta objetos no bueiro e dentro do canal da avenida Paulo Titan”, enfatizou Sortica.

A moradora Ednéia Mamede explica que antes da obra havia vazão da água do canal pelas galerias que passam pela BR 316. “O serviço foi feito no verão e por isso não tínhamos percebido que havia algo errado. Antigamente chovia e o canal enchia, mas não transbordava e nem invadia as casas. Não temos culpa de nada. Tem pessoas que moram há mais de 30 anos e nunca passaram por isso. Essa acusação nos causa revolta”, disse.

Moradores participam de audiência pública para tratar dos constantes alagamentos na cidade (Patrícia Baía / O Liberal)

Em todos os cruzamentos das vias que cortam o canal existem pontes e isso, segundo a moradora, faz com que a vazão ocorra naturalmente. “Por isso queremos que o DNIT construa uma ponte como existem nos cruzamentos do canal para que a água da chuva não invada as casas “, falou. 

A Secretaria de Obras do Município também responsabiliza a obra do DNIT pelos transtornos ocorridos na cidade e diz que a limpeza do canal é realizada semanalmente. “Depois desta obra, qualquer chuva pequena já alaga o bairro Nova Olinda. Essa tubulação foi colocada de forma emergencial pelo DNIT, mas não resolveu o problema”, afirmou. 

Ao final da audiência pública o superintendente do DNIT falou que o órgão irá refazer os estudos de impacto. “Ele não deu prazo e é uma questão de calamidade pública e o tempo para se fazer esse estudo já passou”, disse a vereadora Paula Titan. 

Menina tira casaco para agasalhar cachorra ferida na chuva e cena emociona web;veja
A cadela 'Pretinha' foi resgatada pela estudante Cibely Luiza e, agora, entrou para adoção em busca de um lar e novos tutores

DNIT sobre alagamento em Castanhal

Em 24 de março, a Autarquia se reuniu com representantes da comunidade do entorno do Igarapé Castanhal na Unidade Operacional de Castanhal da PRF, onde prestou esclarecimentos sobre a obra. No mesmo mês, a Assembleia Legislativa do Estado do Pará solicitou ao DNIT esclarecimentos técnicos em relação a obra na BR-316 (Km 62,7), na vazante Igarapé Castanhal, sobre ocorrência de alagamentos no município.

O DNIT já elaborou manifestação técnica sobre o assunto e a respeito das problemáticas envolvidas na questão. 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ