Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Turista brasileira morre ao cair de penhasco durante trilha nos Andes Peruanos

Amigos da vítima falaram que a jovem adorava estar em contato com a natureza e planejava realizar uma outra trilha de 100km na Argentina

Juliana Maia

Maria Lúcia Paternostro (46), servidora pública do Superior Tribunal de Justiça (STJ), morreu enquanto realizava uma trilha nas montanhas dos Andes, durante suas férias no Peru. O acidente ocorreu na última segunda-feira (1), em um local de difícil acesso, e o corpo da moça foi encontrado somente na noite de terça-feira (2). Durante uma reunião de trabalho, ministros do STJ lamentaram a morte da colega de trabalho, que deixa uma filha de 12 anos.

VEJA MAIS

Turista tem mal súbito e morre em parque aquático enquanto jogava futebol de sabão
Familiares da vítima que estavam no local contaram à Polícia Militar que o homem tinha histórico de pressão alta

Turista morre em cachoeira da Serra das Andorinhas, em São Geraldo do Araguaia
A Serra das Andorinhas fica na Rodovia BR-153, em território do município de São Geraldo do Araguaia, a 158 quilômetros de Marabá

Turista do Maranhão morre afogado na praia do Atalaia, em Salinas, nesta segunda-feira (6)
Ele estava em ônibus de passeio com a família e se afogou por volta das 12h30

Adriano Teles, amigo e dono da academia de crossfit que Maria Lúcia frequentava, contou que a servidora pública desejava realizar outra trilha na Argentina. "Estávamos treinando juntos para uma trilha que iríamos fazer no ano que vem para a Patagônia. O percurso é grande: 100 km. Ela estava animada e fazendo planos", contou em entrevista ao UOL.

"Recebemos com muita surpresa e tristeza essa notícia. A Malu era uma pessoa da paz, do bem, alto astral. Vibrava por todos. Queria sempre o nosso bem. Ela sempre estava envolvida em trilhas, em projetos, sonhos. É inacreditável".

Adriano e outros amigos do crossfit que a servidora frequentava usaram as redes sociais para homenageá-la. Nos stories, postaram um vídeo com a legenda “Maluzinha [como era chamada]” e agradeceram por terem vivido bons momentos com a moça, que adorava realizar atividades físicas e estar em contato com a natureza durante o tempo livre. 

Na última quarta-feira (3), Maria Lúcia recebeu homenagens no STJ, que contou com a presença de seus familiares e amigos. Colegas de trabalho exaltaram a dedicação da moça nas atividades exercidas diariamente e falaram sobre sua trajetória.

Reunião em homenagem à vítima, no Gabinete da Presidência, em Brasília (Divulgação/Rafael Luz - STJ)

"Se há um objetivo nesta vida, a Malu conseguiu cumprir, espalhando alegria e amizade. Todos nós teremos a eterna lembrança dela pela sua vivacidade e pelo seu fascínio por viver", falou Marcos Cavalcante, diretor-geral do tribunal.

(Estagiária Juliana Maia, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO