Convocação de reservistas: imagens de satélite mostram longas filas de carros para sair da Rússia

Cena foi registrada nas fronteiras com a Geórgia e com a Mongólia. No domingo, a espera para entrar na Geórgia chegou a 48 horas

O Liberal
fonte

Desde o anúncio do plano de convocação de 300 mil reservistas para se unirem às tropas na Ucrânia, feito pelo presidente Vladimir Putin, no dia 21 de setembro, milhares de homens em idade para lutar tentam sair da Rússia. Nas fronteiras com a Geórgia e com a Mongólia, longas filas de carros de formam, como mostram as imagens feitas por satélite pela empresa Maxar Technologies. No domingo, a espera para entrar na Geórgia, país que permite a entrada de cidadão russos sem visto, chegou a 48 horas. As informações são do G1 Mundo.

Também há filas de carros nas divisas com o Cazaquistão e Finlândia. Os voos que partem de Moscou estão esgotados ou têm poucas passagens (a preços astronômicos). Ainda não há dados precisos a respeito do tamanho do êxodo para outros países.

Até o momento, a Rússia não fechou suas fronteiras, e os guardas, aparentemente, deixam as pessoas saírem do país. O Kremlin informou que ainda não tomou nenhuma decisão sobre esse tipo de medida.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Rússia admite erros na convocação de reservistas para lutar na Ucrânia]]

image Campeão do MMA, russo é convocado para a guerra; lutador já perdeu um irmão no conflito
Vladimir Mineev é campeão peso-médio do AMC Fight Nights e foi convocado na última 'mobilização parcial'; lutador não irá 'fugir' da convocação

image Atentado na Rússia: Atirador vestindo suástica nazista mata 15 pessoas em escola
Homem seria ex-aluno da instituição e teria cometido suicídio logo após o atentado

image Vladimir Putin determina 10 anos de prisão a soldado que fugir da guerra
Os soldados russos que se opuserem a lutar, desobedecer a ordem ou se render ao inimigo poderão sofrer duras penas

image Filho de porta-voz do governo da Rússia é ‘convocado’ e recusa: ‘Vou resolver em outro nível’
Porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, defendeu o filho depois que a gravação viralizou na internet

image Vendas de passagens para sair da Rússia disparam após anúncio de convocação de reservistas
Pronunciamento do presidente Vladimir Putin levantou temores de que homens em idade para lutar sejam impedidos de sair do país

A mobilização anunciada por Vladimir Putin levou aos primeiros protestos contínuos na Rússia desde o início da guerra, com um grupo de monitoramento estimando que pelo menos 2.000 pessoas foram presas até agora. Todas as críticas públicas à "operação militar especial" são proibidas.

Conforme imagens que circulam na internet, houve confrontos entre multidões e policiais, principalmente em áreas onde predominam minorias étnicas, como o Daguestão, no sul, que é majoritariamente muçulmano e a Buriácia, lar dos budistas mongóis, na Sibéria.

 

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO