EU REPÓRTER

Clique aqui e mande sua história ou denúncia e ela poderá ser transformada em notícia. Aqui é Jornalismo Colaborativo!

Comunidade teme desabamento da ponte sobre o Rio Úba, em Moju

Segundo relatos, a ponte se encontra em situação precária há mais de 10 anos. Prefeitura afirma que já fez duas reformas e que vai licitar terceira

Vitória Reimão

A equipe do Eu Repórter recebeu denúncias anônimas sobre as más condições da ponte localizada no Rio Úba, que dá acesso à comunidade de Congregação, em Moju, baixo Tocantins.

A denúncia alega que já ocorreram vários acidentes, como a queda de veículos ou dos próprios moradores que tentam transitar pela ponte. 

"A prefeitura não olha para os moradores de lá. Todos os dias acontecem acidentes, pessoas caindo da ponte, e quando chove, a situação para transitar é pior", disse a denúncia.

De acordo com a denúncia, há mais de dez anos ocorrem os problemas da ponte. Os moradores assumiram a responsabilidade de fazer a manutenção da ponte.

Por meio de coletas, a comunidade tenta manter, além de retirar as partes quebradas da área

"Já houve várias manifestações, pois carros já caíram de lá, pessoas se acidentaram e quebraram a perna, inclusive uma grávida caiu e quase perdeu o bebê", contou a denunciante anônima. 

VEJA MAIS:

Água suja nas torneiras da Cidade Nova 6 preocupa moradores
De acordo com denúncias, consumidores temem a coloração da água


Feirantes denunciam descaso e abandono da Feira do Complexo do Jurunas
Trabalhadores aguardam término de reforma há quase dois anos. Prefeitura diz que irá realizar adaptações técnicas


Usuários do BRT reclamam sobre problemas de embarque nas estações
Segundo informações da denúncia, já ocorreu acidentes na estação de São Brás e Antônio Baena

"A prefeitura não atende os representantes da comunidade e as autoridades já têm conhecimento do problema, mas não procuram fazer nada para nos ajudar. Estamos pedindo socorro", expôs a denúncia anônima. 

A prefeitura de Moju encaminhou uma nota de esclarecimento para a reportagem e informou que, durante a gestão vigente, a ponte já foi reformada duas vezes

"O que acontece é que há excesso de peso de grandes veículos que trafegam pela ponte, sendo que existe o ramal para que haja essa passagem, mas isso infelizmente não acontece. A ponte foi construída para suportar o peso de moto, carros pequenos e dar acesso aos moradores", comunicou a prefeitura.

O órgão também informou que a ponte já está no processo licitatório e que já houve reuniões com os moradores da comunidade para tratar da reforma da área. Além disso, ressaltou que a prefeitura já realizou os trabalhos de recuperação do ramal que interliga para a ponte e que em breve os trabalhos de reestruturação da ponte irão começar.

O projeto Eu Repórter é uma iniciativa que busca reforçar a proximidade com os leitores e internautas, incentivando ainda mais o jornalismo colaborativo. Para participar das reportagens e conteúdos, compartilhando histórias, denúncias e sugestões de matérias com a redação de O Liberal, basta acessar o site eureporter.grupoliberal.com ou enviar suas informações para o Whatsapp (91) 98565-7449, onde será iniciada uma conversa diretamente com repórteres da redação. A denúncia pode ser feita de forma anônima.

(Vitória Reimão, estagiária sob supervisão de Eduardo Laviano)

Eu Repórter
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS