EU REPÓRTER

Clique aqui e mande sua história ou denúncia e ela poderá ser transformada em notícia. Aqui é Jornalismo Colaborativo!

Estrada do Ariri, no 40 Horas, está abandonada há sete anos, afirmam moradores

Denúncias afirmam que a secretaria protocolou uma ordem de serviço para o começo das obras, que iniciariam em março deste ano

Carolina Mota
fonte

Moradores da estrada do Ariri, localizada no bairro do 40 Horas, em Ananindeua, denunciam a falta de pavimentação e iluminação pública na rua que está há sete anos sem manutenção.

Segundo relatos, a rua tem estrutura feita de terra batida e, devido às chuvas, poças de lama foram formadas na área, dificultando o tráfego de pedestres e até a entrada de veículos de quatro rodas, impedindo o acesso de carros de aplicativos e particulares.

Além do lamaçal, moradores afirmam que o espaço usado como calçada está coberto por mato, dificultando o tráfego dos moradores e principalmente dos cadeirantes.

VEJA MAIS

image Alagamentos invadem lojas do bairro Almir Gabriel
Segundo moradores, enchentes são recorrentes na região e o problema ocorre há mais de um ano


image Vítima de fake news: homem acusado de maus tratos contra cães diz que denúncia é falsa
Segundo ele, a foto publicada está fora de contexto e correntes só são usadas quando cachorras estão agitadas


image Falta de iluminação pública ao redor do Santuário de Fátima preocupa os moradores
Segundo informações da denúncia, o problema ocorre desde 2018

Um morador da passagem, que optou por não se identificar, informou que a situação se agrava quando chove, pois a água toma conta da rua, deixando os moradores "na lama".

Com base nos vídeos enviados à equipe do Eu Repórter, pedaços de madeiras foram colocadas na rua, como uma ponte improvisada, para que os moradores pudessem passar sem pisar na lama.

Ainda de acordo com os denunciantes, um representante da prefeitura do município foi ao local informar que uma ordem de serviço havia sido protocolada para que o início dos serviços no local fossem autorizados, em março, mas o trabalho não iniciou até o momento.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saneamento e Infraestrutura (Sesan), informou que irá programar um serviço emergencial na área e enviará uma equipe até o local para verificar os problemas mencionados.

O projeto Eu Repórter é uma iniciativa que busca reforçar a proximidade com os leitores e internautas, incentivando ainda mais o jornalismo colaborativo. Para participar das reportagens e conteúdos, compartilhando histórias, denúncias e sugestões de matérias com a redação de O Liberal, basta acessar o site eureporter.grupoliberal.com ou enviar suas informações para o Whatsapp (91) 98565-7449, onde será iniciada uma conversa diretamente com repórteres da redação. A denúncia pode ser feita de forma anônima.

(Carolina Mota, estagiária sob supervisão de Mariana Azevedo)

Eu Repórter
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTICIAS EUREPORTER