Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

EU REPÓRTER

Clique aqui e mande sua história ou denúncia e ela poderá ser transformada em notícia. Aqui é Jornalismo Colaborativo!

Alunos de escola técnica estadual estão há sete anos no ensino médio, afirma denúncia

Denúncias apontam que os alunos só poderão se formar após o estágio obrigatório que nunca foi concedido a eles

Carolina Mota

Alunos do curso de técnico de enfermagem da Escola Técnica Estadual Professor Francisco da Silva Nunes denunciam que estão há sete anos em busca da conclusão do curso, que estaria sendo adiado pela coordenação da escola.

De acordo com denúncias enviadas a equipe do Eu Repórter, o curso iniciou em 2016 e teria duração de quatro anos. A justificativa da escola, informada pelos denunciantes, é de que os alunos precisam realizar um estágio obrigatório, pois somente após isso é possível concluir o curso. Entretanto, a secretaria estaria adiando o início desse estágio desde 2020.

VEJA MAIS

Bairros de Belém passam por problemas com o abastecimento de água
Moradores do distrito de Icoaraci e bairro da Val de Cans reclamam da falta de água

Condomínio intimida moradores por questões políticas, afirma denúncia
Administração estaria impedindo que moradores colocassem materiais de campanha na frente de casa

Programa de reeducação psicomotora enfrenta problemas de estrutura
O projeto foi criado em 2018 e está passando por problemas de estruturas físicas dos espaços

Ainda segundo informações, as matérias teóricas foram concluídas em 2020 e os alunos estariam há dois anos aguardando o início do estágio sem qualquer aula ou atividade por parte da escola.

Um dos alunos informou à redação de o Liberal que a direção da escola afirmava, inicialmente, que o estágio não poderia ser iniciado devido a falta de repasse, por parte do estado, de valores relacionados ao pagamento do seguro de vida desses alunos, que só podem estagiar mediante o seguro em dia.

Posteriormente, a coordenação informou que o estágio iniciaria em julho, pedindo aos alunos para que levassem a documentação necessária, porém, até o momento, não iniciaram e nem receberam qualquer previsão.

"Alguns alunos continuam no curso pois é a oportunidade de conseguirem um emprego melhor, mas muitos desistiram. Se desistirem do curso, conseguem o diploma de conclusão do ensino médio, mas o de técnico, não.", afirma um dos denunciantes que optou por não de identificar.

A coordenação da escola informou que o estágio para esses alunos está previsto para iniciar na segunda quinzena de setembro e que os alunos já foram informados disso.

"São muitas turmas em todos os turnos. Tivemos uma pandemia que paralisou o estágio por quase 3 anos, depois houve mudança de secretaria de educação, que pediram para aguardar um período para formalizar novo seguro, e quando retornou tudo, foi realizado continuidade dos estágios, porém já tínhamos turmas em atraso, por isso a demora.", informou Jara Jaciane, que faz parte da coordenação do curso de Técnico de Enfermagem da escola.

A redação entrou em contato com a Secretaria de Educação do Estado (Seduc), mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.

O projeto Eu Repórter é uma iniciativa que busca reforçar a proximidade com os leitores e internautas, incentivando ainda mais o jornalismo colaborativo. Para participar das reportagens e conteúdos, compartilhando histórias, denúncias e sugestões de matérias com a redação de O Liberal, basta acessar o site https://eureporter.grupoliberal.com/ ou enviar suas informações para o Whatsapp (91) 98565-7449, onde será iniciada uma conversa diretamente com repórteres da redação. A denúncia pode ser feita de forma anônima.

(Carolina Mota, estagiária sob supervisão de Eduardo Laviano)

Eu Repórter
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS