Paraguaio Echeverría é o novo reforço do Remo

Meia-atacante já jogou em clubes do porte da LDU, ABC e CSA

Redação Integrada

Durante o lançamento do programa sócio-torcedor, na noite desta terça-feira (4), a diretoria do Clube Remo confirmou que o meia paraguaio Eduardo Echeverría, de 29 anos, ex-CSA, foi contratado para a disputa da temporada 2019. O paraguaio já conversou com o torcedor azulino por meio das redes sociais e mandou um recado. Veja!

<>

O presidente do Leão, Fábio Bentes, sob aplausos, falou sobre o acerto com o atleta que é considerado a principal contratação para 2019. "Ele estava no CSA. Acabou de subir para a Série A. Tem um histórico muito bom. Nos últimos três anos, marcou 16 gols. É um jogador raçudo que tem a cara do Leão Azuil. Vai para cima, tem alma do jogador latino. É bem-vindo", afirmou Bentes, garantindo que o atleta está no auge da carreira. "Ele está com gás. Está no ápice da carreira dele. Tinha outras propostas, o CSA queria renovar. Apresentamos projeto e ele topou vir. Chega no dia 27 de dezembro", adiantou o presidente azulino. 

Histórico - Nascido em Assunção capital do Paraguai, Echeverría tem uma carreira vasta: Silvio Pettirossi, Sportivo Carapeguá, LDU, Manta, Rubio Ñu, Feirense, ABC e CSA. Echeverría atua como meia. É canhoto. 

Passou a destacar em meados de 2012, jogando pelo Sportivo Carapégua. Foi convocado para a seleção Paraguaia. Depois, teve passagens por equipes da América do Sul, com destaque para LDU do Equador e Olimpia.

No Brasil, ele jogou pelo Feirense da Bahia e ABC. No time potiguar, obteve destaque, integrando a equipe que foi bicampeão estadual em 2016. Naquela temporada, conseguiu o acesso à Série B. Enfrentou e marcou um gol contra o Remo, em Natal, aproveitando lançamento longo e falha da defesa azulina.

Em 2018, Echeverría conseguiu mais um acesso, dessa vez pelo CSA. Na Série B, marcou dois gols e deu cinco assistências para gol.  

Leia mais: 

Echeverría, o paraguaio do Leão

Remo