Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Remo: Imprensa britânica diz que compra de clube inglês por brasileiro não existe. Empresário rebate

Discussão sobre a veracidade da aquisição causou certo desconforto na torcida azulina, que através das redes sociais questiona a intenção do empresário para com o Remo

Luiz Guilherme Ramos

Em entrevista concedida ao jornalista Carlos Ferreira, o empresário Leandro Rodrigues, CEO da VL Gold Dubai, disse que estava interessado na aquisição da SAF Clube do Remo e deu como garantia de intenções a provável aquisição de outra agremiação futebolística da segunda divisão inglesa, o Swansea City, o que faria com que os opositores à ideia revissem seus posicionamentos. Entretanto, a entrevista reproduzida em OLiberal.com chegou até as terras da Rainha e a mídia local desmentiu as informações. 

Whatsapp: saiba tudo sobre Remo. Recêêêba!

VEJA MAIS

Empresário oferece viagem a Dubai à direção do Remo, para discutir proposta de compra da SAF
Em entrevista ao jornalista Carlos Ferreira, Leandro Rodrigues informou que fez a proposta e aguarda um ‘ok’ para iniciar tratativas, logo após fechar aquisição de clube inglês da segunda divisão

SAF: Presidente do Condel do Remo nega que haja reunião para apresentar proposta a conselheiros
Milton Campos emitiu dois comunicados à reportagem de OLiberal.com sobre a negociação com o empresário Leandro Rodrigues, da VL Gold Dubai

De olho na SAF, patrimônio do Remo é maior do que o do Paysandu, aponta colunista
Patrimônio azulino vale R$ 66 milhões a mais que os bens do Paysandu, seu maior rival

De acordo com o portal de notícias britânico Wales Online, a venda do Swansea City para o fundo de investimentos no qual pertence o brasileiro é infundada, uma vez que o próprio clube, que teve 68% de suas ações vendidas para dois empresários americanos, ainda estaria colocando em prática o planejamento estratégico pós compra, o que inviabilizaria uma nova venda e novos ajustes nas partes administrativa e do futebol. 

"Fontes do Swansea disseram ao WalesOnline que esse não é o caso. Rodrigues foi citado na mídia brasileira dizendo que terá mais informações 'nas próximas duas semanas' sobre a compra do clube Swansea.com Stadium. Acredita-se que essas alegações sejam extremamente erradas com água fria derramada sobre elas por fontes de Swansea. Acredita-se ainda que os atuais proprietários majoritários, Steve Kaplan e Jason Levien, ainda estejam comprometidos em trazer o Swansea de volta à Premier League após seu rebaixamento em 2018".

VEJA MAIS

Proposta da SAF é recebida pelo Remo, passa por análise do jurídico e reunião é marcada pelo clube
Remo recebeu proposta de venda da SAF no valor de R$210 milhões e estuda a proposta do empresário Leandro Rodrigues

Remo nega proposta de R$ 200 milhões por SAF e empresário posta foto e diz: 'Não estou mentindo'
Milton Campos informou que não recebeu proposta, mas caso receba, trabalhará em cima dela. Por outro lado, o empresário Leandro Rodrigues, afirmou que os documentos estão em posse do presidente do Condel

Presidente do Condel desmente empresário e nega proposta de compra da SAF do Remo
Segundo Milton Campos, caso haja alguma oferta, ela será discutida pelos demais conselheiros do clube. 

Steve Kaplan e Jason Levien adquiriram 68% das ações do clube no ano de 2016, época em que o clube pertencia a Premier League, a divisão principal do futebol inglês. A negociação valorizou a marca em 100 milhões de libras - o equivalente a mais de R$ 60,8 milhões - e desde então os novos proprietários vêm trabalhando para levar o time à elite do futebol inglês. É nesse cenário que entra o nome do empresário carioca

Empresário rebate

A reportagem entrou em contato com Leandro Rodrigues, que respondeu os questionamentos ligados ao clube Swansea City. Segundo ele, a imprensa britânica agiu corretamente, pois, segundo diz, não é a VL Gold Dubai que está ligada à negociação. "Eu não sou o titular da ação lá no Swansea. A todo momento o que eu falei para vocês, inclusive tem vídeo, é que estamos participando na aquisição com 10% na participação", informa.

Ouça aqui

Confira a resposta do empresário à matéria publicada no Wales Online:

Leandro ressalta que sua condição com o Clube do Remo é diferente e que a participação na negociata estrangeira é feita por 'bastidores'. "Eu não sou o titular, como sou titular em relação a SAF do Remo. Mais uma vez se entendeu de forma equivocada e se levou adiante a informação que não procedia. Se vocês buscarem no arquivo, o que eu falei por áudio e por vídeo, você vai ver que a informação é basicamente essa. Quem está negociando é outro grupo, outra pessoa. O Leandro Rodrigues não existe lá. É outro grupo. Eu só posso lamentar pela imprensa de Belém noticiar de forma contrária o que eu disse", rebate. 

No entanto, durante o vídeo enviado, o próprio empresário deixa claro a intenção de compra por parte da VL Gold, conforme atesta a fala do próprio Leandro Rodrigues.

Assista aqui

"Estamos por fase de finalização já, a negociação da compra do Swansea da Inglaterra. Então, se nossa empresa é uma empresa idônea para tramitar a compra de um clube que está na segunda divisão da Inglaterra, como é que não seríamos idôneos para transitar a compra de uma SAF no Brasil?".

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES