Paysandu não perde uma partida por seis ou mais gols de diferença há quase 20 anos; relembre

Papão precisaria repetir “feito” para perder o título da Copa Verde para o Vila Nova-GO. Equipes se enfrentam pelo jogo de volta da decisão na quarta-feira (29). 

Caio Maia
fonte

O Paysandu enfrenta nesta quarta-feira (29) o Vila Nova-GO, pela partida de volta da final da Copa Verde de 2024. Com uma acachapante vitória de 6 a 0 conquistada no primeiro duelo, em Belém, o Papão está com a mão na taça e se apega a um histórico positivo para sacramentar o título. A última vez que o Bicola perdeu uma partida oficial por seis ou mais gols de diferença foi há quase 20 anos.

WhatsApp: saiba tudo sobre o Paysandu

O episódio, segundo levantamento feito pelo Núcleo de Esportes de O Liberal, foi registrado em 2006. Na ocasião, o Papão perdeu para o Paulista, em Jundiaí, por 9 a 0, em partida válida pela Série B do Brasileirão. O jogo ocorreu no dia 18 de novembro.

VEJA MAIS

image Papão é Série B também no feminino! Paysandu vence o Rio Negro-RR nos pênaltis e garante acesso
Paysandu perdeu no tempo normal por 1 a 0, mas garantiu o acesso à Série A2 do Brasileiro de futebol feminino nas penalidades. Destaque para a goleira Karine, que defendeu dois pênaltis e ajudou na conquista bicolor

image Ituano vence e Paysandu volta para zona de rebaixamento da Série B; veja a colocação bicolor
Papão 'dormiu' fora da zona após o empate com o Guarani-SP, mas a vitória do Ituano recolocou o clube paraense novamente no Z-4 da Série B

image Após empate na Série B, delegação do Paysandu desembarca em Goiânia para a final da Copa Verde
Papão busca o tetracampeonato da Copa Verde e possui enorme vantagem para o confronto diante do Vila Nova-GO

Na ocasião, o Paysandu vinha de uma sequência bem ruim no Campeonato Brasileiro. O time bicolor, então comandado por Sinomar Naves, acumulava cinco derrotas nos últimos seis jogos da competição e briga ferrenhamente contra o rebaixamento. No entanto, o São Paulo, treinado por Vagner Mancini, não deu chance aos bicolores, em partida que teve cinco gols do atacante Jaílson.

O resultado desandou ainda mais os rumos alvicelestes na tabela. Na rodada seguinte, o Papão até venceu o Marília, em casa, por 4 a 1. No entanto, a vitória não significou muito e a equipe terminou rebaixada à Série C.

Vantagem construída

O tempo decorrido desde a última goleada de sete ou mais gols sofrida mostra o quão improvável é a não conquista do título da Copa Verde pelo Paysandu. No dia 22 de maio, o Papão venceu o Vila Nova-GO por 6 a 0, na Curuzu. Na partida, Nicolas, artilheiro do Bicola na temporada, marcou três gols e se consolidou como um dos maiores goleadores da equipe no século XXI.

Para perder o título, o Papão tem que ser derrotado pelo Vila Nova-GO, em Goiânia, por sete ou mais gols de diferença. Caso o time alviceleste perca por exatos seis gols de desvantagem, o campeão será conhecido em cobranças de pênaltis. Qualquer outro placar dá ao Paysandu o troféu da Copa Verde, o quarto da história do clube.

O jogo de volta entre Paysandu e Vila Nova-GO ocorre nesta quarta-feira (29), às 20h, no Estádio OBA, em Goiânia. A partida terá transmissão Lance a Lance pelo Oliberal.com.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Paysandu
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES