Com chegada de Thiago Ennes, Paysandu teve cinco jogadores ex-Remo em 2022; veja a lista

Clube alviceleste ainda terá a Copa Verde este ano e tenta o tricampeonato da competição regional

Fábio Will

O Paysandu ainda não anunciou oficialmente, mas o lateral-direito Thiago Ennes já treina na Curuzu e deve ser oficializado no clube nos próximos dias para a disputa da Copa Verde. Com a chegada do novo jogador, o Papão terá no elenco dois jogadores que foram rebaixados com o Remo para a Série C em 2021 e um total de cinco que vestiram a camisa do Leão

Whatsapp: saiba tudo sobre o Paysandu. Recêêêba! 

A queda do maior rival para a Terceira Divisão, não impediu do Paysandu de querer reforçar o elenco com jogadores que caíram com o Remo. Thiago Ennes, recentemente estava no Náutico-PE clube que também foi rebaixado para a Série C nesta temporada. Pelo Remo Ennes disputou a Série B e realizou 32 partidas, mas o clube azulino sofreu o descenso.

VEJA MAIS

Copa Verde: Paysandu inicia venda de ingressos nesta quarta (26); estreia será na Curuzu
Os bicolores aguardam o vencedor de Náutico-RR e Humaitá-AC, que se enfrentam nesta terça-feira (25)

Na mira do Paysandu, lateral ex-Remo participa de treino na Curuzu; veja
Desde ontem corre nos bastidores do Paysandu a informação de que Thiago Ennes pode ser anunciado para a disputa da Copa Verde

Grupo independente de sócios elege André Oliveira para concorrer ao cargo de presidente do Paysandu
Sócios proprietários e remidos formam um grupo que faz oposição ao atual modelo de gestão e devem concorrer nas eleições do próximo dia 7 de dezembro

Thiago Ennes pelo Remo (Samara Miranda/ Remo)

 

O clube bicolor possui no time de 2022 outro atleta que caiu com o maior rival do Papão. O goleiro Thiago Coelho, de 27 anos, estava no Remo desde 2019. Reserva de Vinícius, Thiago atuou em apenas 14 partidas, 10 delas pela Série B e não conseguiu evitar a queda do time azulino.

Thiago Coelho treinando pelo Remo (Samara Miranda / Remo)

Outro jogador que está no Paysandu e fez parte do elenco do Remo de 2021 é o atacante Dioguinho. O paraense, atualmente com 26 anos, assim como Thiago Coelho, subiu com o Remo em 2020. Dioguinho iniciou a competição pelo Leão, realizou 11 partidas na Série B 2021, mas após atos de indisciplina, deixou o clube e foi emprestado ao Ferroviário-CE. No final do ano passado foi oficializado pelo Papão a pedido do coordenador de futebol Ricardo Lecheva, com quem trabalhou no Amazonas-AM

VEJA MAIS

Paysandu deve estrear na Copa Verde usando time-base da Série C; veja provável escalação
Banco de reservas deve ser composto por jogadores menos utilizados na Terceirona e atletas que recentemente subiram da base. 

Nas redes sociais, Ricardinho agradece Paysandu e lembra de recuperação de lesão no calcanhar
Jogador ficou mais de seis meses sem jogar futebol depois de uma cirurgia.

Paysandu lança camisas em alusão ao Outubro Rosa e à garagem náutica do clube; veja os detalhes
As camisas são assinadas pela marca própria Lobo

Dioguinho subiu com o Leão, mas teve uma saída conturbada do clube azulino (Samara Miranda / Remo)

Nesta temporada o Paysandu ainda contou com dois ex-jogadores do Leão, mas que passaram pelo clube remista. O zagueiro Marcão, de 27 anos, defendeu o Remo em 2019 e foi campeão estadual. No Paysandu esteve presente em 12 partidas e deixou o clube em julho.

Zagueiro Marcão defendeu o Remo em 2019  (Oswaldo Forte / Arquivo O Liberal)

Outro que iniciou a preparação com a equipe bicolor e que já defendeu o Remo foi o meia Willian Fazendinha. O jogador atuou pelo clube azulino em 2013, na disputa da Copa do Brasil Sub-20, que terminou com o Remo eliminado nas quartas de final pelo Criciúma-SC. Fazendinha veio emprestado do Ypiranga-AP, junto com mais três jogadores.

Willian Fazendinha (à esquerda) na apresentação no Remo (Divulgação / Remo)

Willian Fazendinha foi contratado no ano passado pelo Paysandu para a reta final da Série C, atuou em apenas oito jogos, tinha contrato até abril com o Papão, mas clube e atleta optaram pela rescisão no final de janeiro desta temporada e sem realizar jogos.

Fechando os ex-azulinos no Paysandu está o técnico Márcio Fernandes. O comandante esteve à frente do Remo em 2019, quando chegou para substituir Netão. Pelo Remo foi campeão estadual, porém, como jogador, Márcio Fernandes foi campeão pelo Paysandu em 1981.

Técnico Márcio Fernandes pelo Leão (Cristino Martins / O Liberal)

O Paysandu está na reta final para estrear pela Copa Verde 2022, no próximo sábado (29), na Curuzu, contra o vencedor de Humaitá-AC x Náutico-RR, que duelam hoje. O Papão tenta o tricampeonato da competição regional. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES