Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

FPF divulga documento e secretário explica veto da CBF para o VAR nas finais do Parazão

Secretário geral da FPF, Maurício Bororó, informou os motivos da não utilização do VAR e explicou que a FPF realizou a solicitação

Fabio Will

Remo e Paysandu decidem o Parazão 2022 e os dois clubes solicitaram o árbitro de vídeo (VAR), porém, as duas finais não terão o auxílio da tecnologia. A Federação Paraense de Futebol chegou a solicitar à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), mas teve o seu pedido negado. A FPF publicou em seu site oficial o documento pedindo à CBF o VAR.

VEJA MAIS

Remo e Paysandu pedem, mas finais do Parazão não terão VAR, diz presidente da Comissão de Arbitragem
Lúcio Ipojucan, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, informou que não há tempo hábil para que a solicitação do VAR seja atendida

Para as finais contra o Remo, Paysandu solicita VAR e trio arbitragem de fora do Estado
Presidente do Papão, Maurício Ettinger, confirmou o pedido à FPF em parceria com o Remo

Remo emite nota e pede VAR e arbitragem FIFA à FPF para as finais do Parazão contra o Paysandu
Em nota no site oficial do clube, Remo alega preocupação com os erros de arbitragens que ocorreram em seus jogos e em outras partidas do Parazão

Em contato com o secretário geral da FPF, Maurício Bororó, o VAR foi solicitado, mas esbarrou no tempo hábil para a logística de transporte de equipamentos e instalações, já que o aparelho só pode ser instalado por empresas prestadoras de serviço à CBF. Como o Parazão não possui no regulamento a utilização do VAR, foi negado pela CBF.

“A Federação fez o ofício à CBF, a presidente Dona Graciete Maués atendeu os pedidos dos clubes, mas a CBF não liberou o VAR, alegando falta do tempo hábil. Existe toda uma preparação para que se tenha VAR como solicitação da empresa credenciada à CBF (via própria CBF) para a instalação. Por essa situação é necessário um pedido com 30 a 60 dias de antecedência, já que o Campeonato Paraense não possui VAR. Que isso fique bem claro, não foi a FPF quem vetou o VAR”, explicou, Maurício Bororó.

Documento da FPF solicitando VAR

 

Presidentes do Leão e do Papão solicitaram arbitragem FIFA e o VAR para as duas partidas que decidirão o Campeonato Paraense 2022, após vários erros cometidos pela arbitragem local em partidas do Parazão. O primeiro jogo da decisão será no domingo (3), às 18h, no Baenão e a segunda partida será na quarta-feira (6), às 20h, na Curuzu. Os jogos serão transmitidos lance a lance com fotos e vídeos no OLiberal.com.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES