Gata da Capa destaca beleza negra

Eduarda Moraes foi fotografada por Neto Soares

Bruna Dias

A beleza de Eduarda Moraes dispensa qualquer apresentação, mas mesmo assim ela se define nas redes sociais como “orgulhosamente preta e periférica”. O corpo escultural da modelo estampa as páginas do Amazônia Jornal, em mais uma edição da Gata da Capa. Neste domingp, 25, você verá Eduarda Moraes em fotos produzidas por Neto Soares, um dos idealizadores do Gata da Capa.

“Me sinto muito feliz por estar representando mulheres que precisam lutar por oportunidade, na busca de um lugar na sociedade que seja o reconhecimento e seja a porta para que tenhamos nossas conquistas e realizações”, contou a modelo.

VEJA MAIS

Gata da Capa mostra luxo em ensaio com Joyce Melo
Modelo acha que “não estar” no padrão foi seu diferencial

A paraense Rayssa Ribeiro é a Gata da Capa desta semana
A musa mostrou todo o charme e sensualidade da mulher paraense nas páginas do O Liberal e Amazônia Jornal

Eduarda tem uma carreira nas passarelas disputando concursos de beleza, mas também construiu uma trajetória na dança. “Miss desde os 5 anos, na ocasião ela já fazia parte do movimento junino. Minha mãe foi minha grande incentivadora em tudo que me envolvi, dança, apresentações e manifestos populares todos elas me permitia participar. Já viajei para outros países com grupo folclórico Amazônia Brasil ao qual faço parte por 10 anos, fui também a primeira princesa no Rainha das Rainhas representando o Clube do Remo e Rainha do Brasil pelo portal Spia, em um concurso virtual, representando o nosso estado. Além disso, sou modelo de passarela e fotográfica”, relembra Eduarda.

“Eu ganhei muito com a ‘arte’, muitas coisas não materiais, como conhecimentos, viagens e muitas amizades. A vida aqui fora é bastante disputada como em concursos, busca oportunidades de novos trabalhos, novas conquistas e com isso eu faço trabalhos como modelo e algumas propagandas”, acrescenta.

Eduarda Moraes

Com tantas habilidades e experiência artística, a jovem segue abrindo as portas para outras que lutam para se destacar no mercado. “Espaços estão sendo aberto, mas existe muita discriminação e comparação, não só para negras quanto para vários estilos de pessoas. Nos mulheres, tanto negras, quanto de outras raças, gêneros ou biótipo corporal estamos sempre tentando nos adequar ou nos mesmos criamos nosso estilo, já que a representatividade está em cada um de nós, o primeiro é auto aceitação e o segundo é agarrar as oportunidades para dizermos o que queremos, tanto nos vestuários quanto nas ascensão sociais e econômicas. Mas pra te dizer a verdade, eu agarro as oportunidades que aparecem porque nem sempre as portas são abertas para tantos ‘tipos’ de mulheres”, avalia Eduarda.

A Gata da Capa é um projeto do Amazônia Jornal que traz para as suas páginas quinzenalmente ensaios com personalidades que estão no Pará, destacando ainda os cenários turísticos do Estado.

O ensaio de Eduarda Moraes foi feito na Casa Combu, ela usou peças da loja Nene Maués e Jadi Lingerie, a beleza ficou por conta de beleza de Kewen Costa. “O ‘segredo’ da maquiagem para pele negra é bem simples e prático de aprender: acertar na escolha do tom dos produtos. Nesse sentido, esse é meio caminho andado para que a make dê certo. Iluminadores dourado e dois tipos distintos de base são as escolhas mais adequadas, e assim mais uma vez a Gata da Capa com uma produção maravilhosa e cheia de personalidade. É impossível não ficar hipnotizado pelo sorriso encantador que a Eduarda tem”, explicou o maquiador.

Você pode conferir o ensaio completo de Eduarda Moraes no QR Code ao lado ou no oliberal.com. “Espero que todas sintam livres para contar um pouco de suas experiências como ser humano, que todas possam abraçar essa oportunidade para mostrar suas peculiaridade, seus estilos, seus gostos, mas que sintam-se como estou me sentindo: reconhecida”, finaliza a gata da capa.

Gata da Capa
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA