Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Fãs e cantores paraenses relembram momentos com Marília Mendonça

Fotos e conversas com a rainha da sofrência ficarão para sempre gravadas na memória

Vito Gemaque

Momentos em que os fãs se encontram com os ídolos e podem trocar algumas palavras e conseguir uma foto ficarão gravadas para sempre na memória de paraenses que tiveram a oportunidade de encontrar com a rainha do sertanejo Marília Mendonça. A cantora perdeu a vida em um trágico acidente na tarde desta sexta-feira (05), na cidade de Caratinga, no interior de Minas Gerais. Todos destacam a humildade e o respeito de Marília.

VEJA MAIS:

Marília Mendonça mantinha relação especial com o Pará Primeiro show da carreira, lançamento de música inédita e parceria com Joelma foram marcantes para os paraenses

Marília Mendonça soube se impor no mercado sertanejo, tradicionalmente, dominado quase só por homens Entre os seus grandes sucessos, estão “Infiel”, "De quem é a culpa?'', “Eu sei de cor”, entre outras canções

VÍDEO: Música de Marília Mendonça toca no intervalo de jogo da Série B e torcedores cantam Momento aconteceu na partida entre Avaí e Vitória, na Ressacada

A dupla de sertanejo Beto e Naldo teve a oportunidade de abrir dois últimos shows de Marília Mendonça no Pará. Um em Belém no Hangar Centro de Convenções e outro em Barcarena no festival do Abacaxi, em um estádio de futebol. "A gente pode entrar no camarim, bateu foto, e conversou sobre música. Ela sempre muito humana mesmo, mesmo com toda essa mídia que era construída em cima dela. Ela conversava e ria, muito gentil. Foi essa imagem que passou para a gente. No segundo show de Barcarena, conversamos por 20 minutos", relembra Naldo.

Naldo lembra de como Marília Mendonça abriu os braços para receber os artistas paraenses. "De cara ela abriu a porta do camarim e abriu os braços para abraçar a gente. Ela estava toda maquiada esperando para se apresentar. Até falamos 'não Marília, a gente está suado', ela disse que não tinha problema. Tivemos a oportunidade de estar com outros artistas, e claro pelo cansaço, pela distância de casa, muitos não se dão tanto assim", conta.

Marília Mendonça deixa filho com menos de dois anos de idade Ela fez uma música em homenagem a Léo, antes do nascimento da criança, que agora tem 1 ano e 10 meses de idade. Na letra, ela diz que o filho é a felicidade que ela buscava.

Saiba quem foi Marília Mendonça, a voz feminina do sertanejo Cantora, que começou compondo músicas para outros artistas, se tornou em 2019 a brasileira mais ouvida

O paraense chegou a comentar que a dupla gravou a música "Cerveja Detox" de composição do ex-marido de Marília Mendonça, Murilo Huff. A dupla comprou a composição de Murilo. "Quando falamos isso ela chamou a gente para batermos a foto do nosso celular, e ela bateu do dela com a intenção com a intenção de mostrar para o Murilo", relembra.

Outro fã que teve contato com Marília Mendonça foi o jornalista Matheus Freire, de 26 anos, que chegou a tremer ao saber da notícia da morte da cantora. Matheus começou a gostar da cantora sertaneja após a parceria dela com a paraense Joelma com a música "Perdeu a Razão".

Matheus Freire conseguiu tirar uma foto com Marília Mendonça (Arquivo pessoal Matheus Freire)

"Em agosto daquele ano ela veio para Belém gravar o projeto 'Por todos os Cantos', na correria fomos para a praça do Relógio, e curtirmos o show todo. Ficamos esperando na frente do hotel e na saída para um restaurante ela parou e conversou com a gente. Ela era muito humilde", destaca. 

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA