Bloco Dê Um Rolê traz como tema a década de 70 em programação neste domingo (15)

A Roda de Samba Fé no Batuque e outros artistas se apresentarão

Painah Silva
fonte

O período de pré-carnaval movimenta a capital paraense com diversas programações do gênero. Com muita nostalgia, o Bloco Dê Um Rolê, pela primeira vez, resgata grandes sucessos do carnaval dos anos 70, com programação no próximo domingo, 15, a partir das 16h, na Maloca das Amazonas, localizada na Cidade Velha.

VEJA MAIS

image Primeiro grito de carnaval do Brasil, Bloco Império Romano leva 50 mil pessoas às ruas de Belém
Bloco foi criado no bairro do Umarizal há 52 anos. Foliões voltam às ruas após dois anos por conta da pandemia da covid-19

image No aniversário de morte, Raul Seixas ganha tributo em Belém
Confira algumas curiosidades do artista e lista de sucessos.

image Roda de Samba Fé no Batuque faz show solidário
Com as participaões especiais de Iara Mê, Diogo Rosa e Marta Mariana, o evento vai arrecadar alimentos para Itaiteua, em Outeiro.

A festa traz o tema nostálgico, rebelde e hippie, típicos da década de 70. Época na qual o Brasil viveu uma ditadura militar que coexistia com o movimento juvenil que questionava padrões, leis e regras presente em todo o mundo. A produção cultural ganhou especial notoriedade com canções que tentavam burlar o sistema de censura promovido pelo governo. Nomes como Luiz Gonzaga, Belchior, Raul Seixas entre outros, ganharam notoriedade neste período pós-tropicalista. Foi pensando na influência cultural deste período que os organizadores montaram o Bloco Dê Um Rolê, que terá como atrações a Roda de Samba Fé no Batuque, a cantora Iara Mê e a discotecagem da DJ Jack Sainha.

O idealizador do projeto, o sambista Geraldo Nogueira, que faz parte da Fé no Batuque, afirma que a produção musical da década de 70 representa a resistência, tema recorrente e que possui importância, e não existe momento melhor para misturar com a festa de carnaval, que é um momento de celebração. “Ele [o bloco] surgiu com a proposta de se fazer um carnaval diferente. Curtir um Carnaval batucando com maisena e fantasia!”, afirma Geraldo.

A cantora Iara Mê e banda ficarão responsáveis por levar ao público sucessos de artistas como Novos Baianos, Mutantes, Secos e Molhados, Raul Seixas, Tim Maia, Rita Lee, Jorge Ben Jor, além de sambas e marchinhas.

Outra atração da festa, a DJ Jack Sainha, já é uma conhecida do público paraense. Segundo ela, o convite para participar do evento veio da parceria que ela mantém com a Fé no Batuque. “Percebemos que um grande público curte e aprova nosso encontro em muitos eventos. Então pensamos em um específico para o carnaval que tivesse uma proposta diferente de tudo que se vê em relação a blocos em Belém e pensamos nesse resgate de carnavais antigos e sucessos da música brasileira da década de 70, 80 por aí”, conta a artista.

Entre a programação, Jack se apresentará em dois momentos, no intervalo das bandas. Ela afirma que o repertório está especial e o público aproveitará o momento para celebrar, principalmente após os anos de isolamento devido a pandemia. “O set tá recheados de hits sucessos de vários carnavais, passando pelo axé, afoxé, quebradeira, pagode, lambada, cumbia e brega”, afirma a DJ.

(*Estagiária Painah Silva, sob supervisão do Coordenador de Conteúdo de Cultura, Abílio Dantas)

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA