Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia localiza bebê de 7 meses que foi raptada; suspeita é amiga da mãe

A mulher, de 26 anos, teria pedido para levar a bebê a uma loja de celulares, mas não retornou

Emilly Melo

A Polícia Civil localizou a menina de 7 meses que foi raptada na última sexta-feira (9), na região de Santa Maria, no Distrito Federal. A menina foi encontrada nesta segunda-feira (12) com a amiga da mãe da criança. Com informações do G1.

VEJA MAIS

Mulher finge estar grávida, faz parto falso e diz que bebê foi roubado
Acusada inventou a história para não terminar o relacionamento

Bebê roubado da Santa Casa é encontrado em Icoaraci
Informação foi confirmada pelo pai da criança

Bebê raptado de maternidade viajou 30km dentro do baú de uma moto
Criança foi encontrada na casa da prima de uma técnica de enfermagem, que trabalha no hospital

A mulher, de 26 anos, teria pedido para levar a bebê a uma loja de celulares, mas não retornou. O caso foi comunicado à polícia no dia seguinte, pela mãe da menina, Camila Alves Santos, de 24 anos, que mora no mesmo terreno que a suspeita

Inicialmente, o caso foi registrado como “desaparecimento, mas passou a ser tratado como "subtração de incapaz", ou rapto, no fim de semana. A amiga da mãe foi levantada como principal suspeita. 

A delegada Cláudia Alcântara, responsável pela investigação, informou que a bebê está bem e foi encontrada no Jardim Ingá, Entorno do Distrito Federal. Os envolvidos no crime devem prestar depoimento durante a tarde desta segunda-feira. 

A polícia quer descobrir o que levou a mulher a raptar a menina, porque ela não voltou e nem deu notícias à mãe. As investigações apontam que, há cerca de um mês, a mulher perdeu um filho recém-nascido

Menina é raptada e estuprada por homem que a atraiu com pirulito
A menina passou por avaliação ginecológica, que constatou que havia sangue nas pernas e na vagina

Corpo de jovem desaparecida é encontrado mutilado
Ela foi raptada pelo ex-namorado enquanto estava em um churrasco e não foi vista desde então

Jovem é raptada e violentada sexualmente por três homens ao prestar informações na estrada
A vítima foi encontrada próxima a uma empresa de reciclagem, na beira da estrada, totalmente transtornada.

"Agora vou ouvi-la para saber se ela vai ser presa ou responder ao inquérito em liberdade", diz a delegada. A pena para subtração de incapaz está prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente, e vai de 2 a 6 anos de reclusão

Conforme a investigação, a mulher passou na casa de dois parentes anunciando que a bebê era sua filha. No entanto, ninguém soube informar para onde a mulher tinha ido após visitar os familiares.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Hamilton Braga, coordenador do Núcleo de Política)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL