Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher flagrada pelo marido fazendo sexo com morador de rua fala pela 1ª vez sobre o assunto; veja

Sandra fala que foi vítima de "chacotas" e humilhações em rede nacional

Luciana Carvalho

Nesta quinta-feira (27), pela primeira vez, a mulher flagrada pelo marido fazendo sexo com um morador de rua, em Planaltina, no Distrito Federal, falou sobre o assunto nas redes sociais. Na publicação, Sandra Mara Fernandes conta que se sentiu humilhada e também sobre o período de internação após o caso, que ocorreu em março e teve repercussão em todo o Brasil. As informações são do Estadão.

VEJA MAIS

Personal que agrediu ex-morador de rua se declara para a esposa: ‘te amo, meu amor'
Sandra Mara recebeu alta da clínica psiquiátrica onde estava internada

Personal trainer que bateu no mendigo vai virar influenciador digital
Eduardo Alves assinou contrato de parceria com agência de Rezende, a ADR, com sede em Londrina, no Paraná, para que o personal tenha oportunidade de aprender a lidar com o mundo da internet

Personal retorna ao trabalho e ao Instagram e recebe apoio na web
Depois das polêmicas envolvendo o sem-teto Givaldo Alves e a esposa, Eduardo Alves tenta retormar a vida normal

"Passei por dias muito difíceis. Nunca me imaginei naquela situação. Eu me sinto profundamente dilacerada pelo ocorrido. Hoje eu tenho ciência de tudo o que foi dito enquanto eu estava internada e sendo cuidada por médicos, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e outros profissionais", afirmou ela.

Sandra ainda fala que foi vítima de "chacotas" e humilhações em rede nacional. "Fui tachada como uma mulher qualquer, uma mulher promíscua, uma mulher com fetiches, uma traidora. E mais ofendida ainda por ter sido atacada por outras mulheres que entenderam que eu merecia o pior. Eu sempre soube que vivemos numa sociedade desigual, mas eu não escolhi ter um SURTO, eu NÃO escolhi ter sido HUMILHADA, eu NÃO escolhi ter minha vida EXPOSTA e DEVASTADA!", disse.

VEJA MAIS

Personal flagra a esposa tendo relação sexuais com morador em situação de rua dentro do carro
O educador físico teria entrado no veículo e começado a agredir o homem

Sem-teto espancado por personal se desculpa por expor intimidade da mulher
Em entrevista por meio de uma rede social, Givaldo de Souza, 48 anos, falou que foi ‘infeliz’ ao relatar um fato que poderia ter ponderado

Sem-teto flagrado com mulher de personal ostenta vida de celebridade
Givaldo Alves já possui mais de 500 mil seguidores em uma rede social

Ela ainda agradeceu o apoio do marido, que é personal trainer que, ao flagrar a mulher com um desconhecido dentro do carro, agrediu o morador de rua, cujo nome é Givaldo Alves.

"Ele (o marido) me defendeu durante e depois do ocorrido, pois sabe que em condições normais eu jamais teria permitido passar por aquilo. Agradeço também ao meu pai, minha madrasta, meus irmãos e amigos, que me acolheram e ajudaram o Eduardo e a Anna Laura. Sou profundamente grata aos profissionais que me ajudaram a compreender o que estava acontecendo quando eu já NÃO TINHA domínio da minha própria vida", afirmou no post.

Na publicação, Sandra ainda disse que busca por Justiça. "Nunca faltei com respeito com ninguém e não merecia ter sido tratada como uma qualquer, e, principalmente, ter sido usada como objeto de prazer durante delírios e alucinações que confundiram minha mente e me colocaram num contexto nojento e sórdido", afirmou e finalizou dizendo que permanece lutando para superar o que aconteceu com ela. 

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL