Homem é preso por racismo após dizer que mulher tinha 'pele abaixo do padrão'

Vítima era candidata a uma vaga de emprego ofertada pelo acusado

Emilly Melo
fonte

Um homem foi preso por racismo contra uma mulher negra que era candidata a uma vaga de emprego ofertada em um bazar na Rua Dias da Cruz, no Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Beatriz Souza, de 27 anos, viu um anúncio de emprego na porta da loja e resolveu se candidatar. No entanto, o dono do estabelecimento, Jiyong Yu, de 37 anos, informou que não tinha emprego para ela. 

VEJA MAIS

image Atriz de 'Chiquinha' do seriado 'Chaves' é acusada de racismo e homofobia
Maria Antonieta fez crítcas a pessoas que imitam a personagem infantil

image Caso Eddy Jr: Câmera de segurança flagra vizinhos com faca em frente ao apartamento do humorista
No Instagram, o youtuber compartilhou o ataque racista por parte da moradora do seu prédio. Imagens do início de setembro mostram que a mesma mulher, acompanhada do filho, já o ameaçavam

image 'Eu não estava politizando nada', afirma Seu Jorge sobre racismo em show
O cantor teria feito um breve discurso contra a redução da maioridade penal e em defesa de jovens negros

Ele apontou para o braço de Beatriz, em alusão a cor da pele dela, e disse que não falava português. O proprietário da loja escreveu uma frase no tradutor do telefone e mostrou a ela. 

O texto mostrado pelo empresário dizia que a mulher “tinha uma pele abaixo do padrão, então ela não foi recrutada para o trabalho”.

A vítima tirou uma foto do celular e procurou policiais do Segurança Presente. O homem foi levado para a 19ª DP (Tijuca) e ficou preso.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

Palavras-chave

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL