Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Brasileiro é espancado até a morte em Portugal; família pede ajuda para trasladar o corpo

Jefferson Terra, de 33 anos, teria se envolvido em uma discussão com outro homem quando foi morto

Maiza Santos

Um crime violento tirou a vida do brasileiro Jefferson Terra Pinto, de 33 anos, que estava morando há menos de um ano em Lisboa (Portugal). Ele foi espancado até a morte após se envolver em uma briga na madrugada do último domingo (24), em frente a um bar na região leste da cidade, conhecida pelos bares e restaurantes. Segundo testemunhas, tudo começou após uma discussão entre Jefferson e outro homem, também imigrante no País, e acabou com o desfecho trágico. A família do brasileiro pede ajuda para custear o traslado do corpo para o Rio de Janeiro, cidade natal da vítima.

VEJA MAIS

Idoso é espancado por enteado até fazer xixi nas calças
A vítima contou que é agredido com frequência

Cachorro é espancado por tutor após comer papagaio
Quando a polícia chegou para prender o homem pelo crime de maus-tratos, ele fugiu pelos fundos e entrou na mata. Os agentes fizeram buscas no local, mas não conseguiram capturar o suspeito.

Homem morre após ser atacado e espancado por grupo criminoso
A vítima chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu

Pessoas que testemunharam o fato relataram que tanto Jefferson como o homem apontado como seu assassino estavam visivelmente embriagados momentos antes do crime. O agressor teria tentado desferir um soco em Jefferson, que caiu e bateu a cabeça no chão. Mesmo caído e quase sem reação, o brasileiro recebeu vários chutes na cabeça, até que parou de se mexer. A polícia foi chamada por volta das 5h30 e o suspeito das agressões detido. Por se tratar de um crime de homicídio, as investigações estão sendo conduzidas por agentes judiciários de Lisboa. 

Jefferson chegou a ser socorrido, mas morreu em um hospital da capital portuguesa. O suspeito foi preso em flagrante. Comerciantes da região disseram que os dois estavam de passagem pela rua e não seriam clientes de seus estabelecimentos.

Ajuda para o transporte do corpo

A família de Jefferson criou uma vaquinha online para tenta trazer o corpo de volta ao Brasil, onde pretendem sepultá-lo. Todo o dinheiro arrecadado será usado para pagar o traslado. O serviço custa 4500 euros, o equivalente a quase R$ 25 mil. Até o momento, R$ 7,2 mil foram arrecadados.

Jefferson é natural do Rio de Janeiro, da comunidade da Cidade de Deus. Ele deixa esposa e um filho de 1 ano e 5 meses, que também retornar ao Brasil. A irmã da vítima contou que ele havia se mudado para Portugal em outubro do ano passado, com o objetivo de melhorar de vida. A esposa e o filho foram ao encontro dele em fevereiro. Todos já trabalhavam e estavam com os documentos legalizados, segundo informações da esposa da vítima.

Por meio de nota, o Ministério das Relações Exteriores, via Consulado-Geral do Brasil em Lisboa, informou que permanece à disposição para "prestar a assistência cabível aos familiares do nacional brasileiro, em conformidade com os tratados internacionais vigentes e com a legislação local".

(*Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora de OLiberal.com, Ádna Figueira)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL