Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Fim das máscaras: Belém libera o uso em ambientes abertos

Algumas regras obrigatórias ainda estão mantidas, como uso das máscaras no transporte público e em casos de contato com pessoas doentes

Camila Guimarães

O uso de máscaras em espaços abertos, em Belém, deixou de ser obrigatório a partir desta quinta-feira (14). A cidade foi a última capital do Brasil a flexibilizar essa regra de proteção contra a covid-19. A medida foi divulgada em coletiva de imprensa realizada pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma).

Segundo o Plano de Vigilância e Atenção para Covid-19 da Sesma, a estabilidade da pandemia na capital permitiu a desobrigação do uso de máscaras, uma vez que 86% da população, em Belém, está vacinada com duas doses ou dose única (entre adultos e crianças). 

VEJA MAIS

Covid-19: Prefeitura de Monte Alegre dispensa uso de máscaras em locais abertos Para o acesso a locais fechados, porém, permanece obrigatório o uso de máscara facial

Altamira decide liberar uso de máscaras em lugares abertos A decisão ainda não foi anunciada oficialmente pela prefeitura, entretanto, a informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da administração municipal.

Uso de máscaras não é mais obrigatório em ambientes internos e externos em Parauapebas, no Pará Mas permanece a obrigatoriedade do uso de máscaras por pessoas do grupo de risco e sintomáticos respiratórios em todos os ambientes de uso comum

Entretanto, as máscaras seguem obrigatórias em ambientes fechados e também para pessoas de grupos de risco em qualquer situação, pessoas sintomáticas respiratórias e pessoas assintomáticas que tiveram contato com sintomáticas respiratórias por 10 dias.

O secretário municipal de saúde, Maurício Cezar Bezerra, diz que essa decisão se deu devido à estabilidade da pandemia na capital “apesar de que a Organização Mundial da Saúde lançou uma nota, ontem, ainda mantendo a covid-19 em situação de pandemia internacional”, comenta. Ele destaca, também, o baixo índice de novos casos de covid-19 registrados e a taxa de ocupação hospitalar de zero por cento há mais de vinte dias como critérios relevantes para a flexibilização.

O diretor de vigilância sanitária em saúde, Adriano Furtado, explicou que Belém demorou mais que todas as outras capitais do país a flexibilizar o uso de máscaras em razão de apresentar características socioambientais muito específicas: “Belém possui uma população única, um clima único, um ambiente único. Levamos em consideração também o período de chuvas que, normalmente, contribui pela grande disseminação de vírus respiratórios, por isso decidimos manter a máscara até hoje”.

Covid-19: Veja as capitais do Brasil que flexibilizaram o uso de máscaras Em alguns locais, o item é dispensado apenas em ambientes abertos, em outros, são liberadas em qualquer local

Sobre a fiscalização do uso de máscaras em locais fechados, Maurício Bezerra explica que a Sesma contará com o bom senso de cada cidadão, considerando que a saúde pública é um interesse de todos, mas complementa: “é claro que o poder público vai fazer fiscalização através da Vigilância Sanitária, da Segurança Epidemiológica e, se necessário, da segurança policial, porque o que está acima de tudo é a segurança da população”.

Para que a cidade possa avançar para a retirada total das máscaras, o secretário municipal de saúde reforça a necessidade de prosseguir com a vacinação: “or isso continuamos pedindo à população que continue se vacinando, porque já estivemos muito mais longe, e hoje estamos muito mais perto desse controle para voltar à nossa vida normal”.

Quem ainda deve usar máscaras obrigatoriamente?

  • pessoas de grupos de risco em qualquer situação;
  • pessoas sintomáticas respiratórias
  • assintomáticos que tiveram contato com sintomáticas respiratórias por 10 dias
Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM