Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dia Mundial do Pedestre: data reforça a segurança de quem caminha diariamente em Belém

Segundo dados do Ministério da Saúde, 19% das mortes no trânsito brasileiro são de pedestres

Camila Azevedo e Gabriel Pires

Seja para ir ao trabalho, cumprir tarefas do dia ou até mesmo praticar esporte, basta ir até a esquina mais próxima na Grande Belém para perceber a grande movimentação de pedestres pela cidade. Para lembrar e alertar sobre os cuidados que motoristas de carro, motociclistas e ciclistas devem ter com quem caminha pelas ruas, o Dia Nacional do Pedestre é comemorado nesta segunda-feira (8). Segundo dados do Ministério da Saúde, 19% das mortes no trânsito brasileiro são de pedestres.

Nas autoescolas e em campanhas educativas de órgãos locais e nacionais, é comum que ensinem aos futuros motoristas e a população em geral que, eventualmente, todo mundo vai ser pedestre no trânsito. Levando isso em consideração, Belém possui 1.506.420 habitantes, como aponta o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o número de pessoas que, em algum momento, estarão andando a pé pelas vias da capital.

VEJA MAIS

Policial penal atira em PM após acidente de trânsito em Marabá
Confusão foi na madrugada deste domingo (7)

Menina de 8 anos morre após ser atropelada durante competição de rally
Imagens transmitidas pela TV local mostraram o momento em que a criança foi atingida pelo carro em alta velocidade

Cratera continua impossibilitando tráfego em Santa Luzia do Pará, no nordeste paraense
No local foi aberta uma cratera impossibilitando o tráfego de veículos e pedestres

Ter cuidado ao andar a pé pelas ruas é fundamental. Olhar bem para os dois lados antes de realizar a travessia, evitar o uso de fones de ouvido e aparelhos celulares enquanto anda - isto pode impedir de ouvir buzinas -, usar sempre a faixa de pedestre ou passarela e não trafegar por entre os veículos quando estiverem parados fazem parte das medidas necessárias que devem ser adotadas por todos.

Praticidade a pé

Celio Lobato, de 55 anos, é educador físico e comenta que tem o hábito de trafegar a pé pelas ruas de Belém. Ele opta pela caminhada por ser mais prático. “Eu até evito sair de carro. Como eu moro no centro, fica muito mais fácil fazer as coisas. Ir para a academia, ir ao supermercado. Vou andando porque geralmente não tem vaga”, contou Celio.

O educador físico, que também faz caminhada em grupo, relata que costuma começar atividades físicas nas ruas nas primeiras horas da manhã, devido à baixa movimentação de carros. Para se manter mais seguro e atento ao trânsito em meio às imprudências, Celio ainda toma medidas de atenção junto aos alunos. “Geralmente nós corremos contra o fluxo, para estar vendo o carro que vem. Até porque é de madrugada, final de semana quando a gente sai. E o pessoal voltando de festa, a gente tem que ter muito cuidado. A gente já passou por alguns problemas por conta disso”, explicou.

Belém na luta pela segurança dos pedestres

De acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), ações de fiscalizações rotineiras, diuturnas e em rondas são feitas para coibir infrações, imprudências e realizar autuações em casos de flagrantes. As fiscalizações por radar e videomonitoramento também fazem parte das atividades da autarquia. Os equipamentos utilizados são regulamentados pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que também dão suporte.

VÍDEO: Distraído com o celular, pedestre cai em bueiro sem tampa
O homem ficou com o corpo dentro do bueiro, até a altura da cintura

Respeito à faixa de pedestre reduz em 83% número de atropelamentos
Campanha reduziu em 83% o número de mortes de pedestres

Junto a isso, a Semob mantém iniciativas regulares de educação para o trânsito, principalmente no que se refere às orientações a pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores, para que tenham uma consciência e atitudes mais seguras no trânsito. Nas escolas, as ações são reforçadas sobre questões comportamentais para preparar crianças e adolescentes.

(Com a colaboração de Gabriel Pires, estagiário sob a supervisão do Coordenador do Núcleo de Atualidades, Victor Furtado)

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM