Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Descida do Glória emociona fiéis de Nossa Senhora de Nazaré em Belém

Evento é realizado na Basílica de Nazaré e é marcado pela descida da imagem original de Nossa Senhora de Nazaré do Altar-Mor

Eduardo Rocha

A Descida da Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré do Glória para um nicho na frente do Altar-Mor da Basílica Santuário Mariano da Arquidiocese de Belém, no começo da noite de segunda-feira (23), serviu para referendar a conversão dos cristãos desde o começo da história da Igreja até os dias atuais, na caminhada ao Círio 2022. Essa ênfase foi dada pelo arcebispo metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira Corrêa, que presidiu a missa e esse momento relacionado ao ícone da fé dos paraenses.

Às 19 horas, começou a Descida do Glória, momento em que a Imagem Original da Rainha da Amazônia, encontrada pelo caboclo Plácido em 1.700, foi retirada da parte superior do Altar-Mor para ser colocada bem próximo dos fiéis. Cada movimentação de guardas de Nazaré e da Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) foi acompanhada atentamente pelos fiéis que lotaram a Igreja após dois anos do pico da pandemia da covid-19 e se emocionaram muito. Assista ao momento exato da descida do Glória:

A oportunidade de estar bem perto da imagem original da Santa Padroeira da Amazônia emocionou as pessoas na igreja. A Basílica Cantuária está repleta de fiéis.

Veja imagens da descida do Glória:

Descida do Glória

“É uma maravilha, pela felicidade de Nossa Senhora descer hoje e pela felicidade da minha filha (Nathália Gonçalves), porque é aniversário dela e a primeira gravidez; nós vimos agradecer a Nossa Senhora”, declarou a devota Darlene Gonçalves, autônoma e moradora do bairro.

Darlene acompanhou a filha, como ela mesma ia com a mãe conferir a Descida do Glória. 

Esse momento de reencontro dos fiéis com a Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré marca o transcurso do Mês Mariano, dedicado a Maria e expresso no evento Quermesse Mariana, organizado pela Diretoria da Festa e marcado pela comemoração do 16º aniversário da elevação da Basílica em Santuário. Além do aniversário do santuário no dia 31, antes, neste domingo (29), um outro evento abrilhantará o Mês Mariano: a apresentação do cartaz oficial do Círio 2022.

Conversão

Na Homilia, dom Alberto Taveira Corrêa chamou a atenção para o fato de que na leitura dos Atos dos Apóstolos (na Bíblia) verifica-se os valores morais apregoados por Jesus Cristo e pelos seguidores dele em contraste com as maldades no mundo. O arcebispo lembrou a conversão de pessoas feita por parte dos apóstolos após eles mesmos aceitarem a Palavra de Deus. A incompreensão e as perseguições que os primeiros cristãos sofreram mantendo-se firmes diante dos desafios e disseminando o Evangelho funcionam como referência para os cristãos dos dias atuais. 

Como arcebispo observou, a Imagem Original como símbolo da fé mariana dos paraenses demonstra muito mais que uma simples peça material, mas “a presença de Maria” “Nas dificuldades, a presença dela vem à tona”, ressaltou. “Que a Descida do Glória seja a visita de Maria ao seu coração, sua família, sua esperança, suas eventuais dificuldades, suas lutas, sua vontade de acertar; ajude a nossa sociedade a criar juízo diante de coisas contrárias aos valores cristãos e à dignidade das pessoas. Somos chamados a contar com a intercessão de Nossa Senhora para sermos diferentes, sermos melhores na prática do Evangelho”, enfatizou dom Alberto.

VEJA MAIS

Dom Alberto Taveira fala sobre quebra de protocolo da Descida do Glória: 'inspiração emocionante'
"Queremos que Nossa Senhora esteja perto do povo", disse o Arcebispo

'Não se pode afastar Nossa Senhora do povo. Maria é mulher do povo', diz dom Antônio
Imagem original, que tradicionalmente fica apenas no altar da Basílica Santuário, foi levada até as escadarias da igreja, provocando tumulto e aglomeração

Alegria

O arcebispo comemorou o retorno do grande público ao Descida do Glória. “Para nós, é uma alegria muito grande podermos retomar essas celebrações presenciais ; depois de dois anos de tantas dificuldades nós temos a alegria de vermos o povo todo junto aqui. Nós não deixamos de fazer o nosso Círio nos últimos dois anos, mas tivemos que realizá-lo com muitas restrições; mas agora podemos fazer as celebrações com toda a plenitude, com a presença do povo”, observou. Dom Alberto relatou perceber, ao verificar a proximidade do fiéis da Imagem Original de Nazaré, a sensibilidade do  povo com os sinais da piedade mariana e o crescimento da devoção. O arcebispo disse que a Descida do Glória marca o começo da caminhada à festa maior dos paraenses, “é o anúncio de que o Círio está chegando”. 

Neste domingo (29), além da apresentação do Cartaz do Círio 2022, ocorrerá a Subida ao Glória e a Coroação de Nossa Senhora, como ressaltou o coordenador da Diretoria da Festa de Nazaré, Antônio Salame.  Ele destacou que a DFN atua, após o pico da pandemia, por uma cidade mais unida na fé em rumo ao Círio.  A Quermesse Mariana, iniciada no dia 20, como disse, faz parte de um processo de aumentar a presença das famílias na Praça Santuário. Participaram da missa de ontem o pároco de Nazaré, Francisco Cavalcante, e o reitor da Basílica Santuário, padre Francisco Assis Maria de Oliveira.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM