Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Não se pode afastar Nossa Senhora do povo. Maria é mulher do povo', diz dom Antônio

Imagem original, que tradicionalmente fica apenas no altar da Basílica Santuário, foi levada até as escadarias da igreja, provocando tumulto e aglomeração

O Liberal

O bispo auxiliar de Belém, dom Antônio de Assis Ribeiro disse que não se pode afastar Nossa Senhora do povo: "Maria é mulher do povo", afirmou ele, durante a cerimônia de descida da imagem original do Glória, que ocorreu na manhã deste sábado (9), na Basílica Santuário.

A celebração sofreu mudanças no roteiro tradicional, quando cerca de 400 participantes chegaram a se aproximar da estatueta de Nossa Senhora, gerando tumulto e aglomeração. Em um fato histórico, a imagem, que normalmente fica apenas no altar da Basílica Santuário, foi levada até as escadarias da igreja, para o público que estava do lado de fora também pudesse receber bençãos.

A imagem original foi levada ao público pelo coordenador da Diretoria da Festa de Nazaré, Albano Martins, com o apoio de guardas de Nazaré, que comemoraram o fato.

O padre Francisco Maria Cavalcante, pároco e reitor da Basílica Santuário de Nazaré, argumentou que o sentido da descida da imagem do Glória é expressar “o amor da mãe, que não é distante dos filhos seus”. Para ele, a levada da imagem do Glória até o átrio da Basílica, passando pelo Presbitério, parte da catedral que precede o altar-mor, significou a capacidade do amor “aproximar extremidades”.

“Sobre a questão da pequena novidade de hoje da celebração, foi com o afã de prestigiar o povo que estava lá fora, no sol, desde cedo, também devotos, que também merecem ter esse contato com Nossa Senhora de Nazaré. De forma geral, o povo sabe o que faz, é consciente. A atividade aconteceu, ninguém se machucou, e todos saíram com o coração exultante de alegria, com o Senhor”, declarou o pároco.

O padre Francisco Maria Cavalcante afirmou ainda que a quebra do protocolo não representou riscos à população presente e à imagem por ter sido executada por uma equipe da Guarda da Santa, “justamente para criar um bloqueio e evitar qualquer possível atentado”. “A imagem não foi até o calçadão. Ela foi só até o átrio, onde tem uma grade muito forte, muito sólida, foi tudo pensado e arquitetado com um número considerável de guardas justamente para responder aos cuidados de segurança”, completou.

A Diretoria do Círio foi procurada pela Redação Integrada do Grupo Liberal e afirmou que uma nota oficial deverá ser divulgada até as 18h deste sábado (9).

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!