Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Presidente Bolsonaro confirma agenda em Belém e Paragominas este mês de abril

Um dos objetivos da visita é a entrega de títulos provisórios e definitivos

Elisa Vaz

Em entrevista exclusiva a O Liberal, na manhã desta segunda-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que estará no Pará no final deste mês, no dia 28, nos municípios de Belém e Paragominas.

"Enquanto não tem título, são pessoas usadas pelo MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra] para fazer invasões" - Jair Bolsonaro, presidente da República.

"Uma das coisas mais importantes que faremos é a entrega de títulos, provisórios e definitivos. Enquanto não tem título, são pessoas usadas pelo MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra] para fazer invasões. O número de invasões por ano está abaixo de 10, em governos passados era 10 por mês. Você dá o lote para a pessaoa, dali para frente tudo que fizer ali será usado para o bem-estar da sua família. Passa a ser valorizada, pode ter acesso a bancos oficiais para melhor investir e produzir", afirma.

Assista à entrevista ao vivo:

VEJA MAIS

Jair Bolsonaro diz que há '90% de chance de Braga Netto ser candidato a vice' nas Eleições 2022
Ele destaca que o ex-ministro tem grande experiência e patriotismo acima de tudo

Bolsonaro sobre auxílio emergencial: 'Sem ele as pessoas com fome invadiriam os supermercados'
O chefe do Executivo ainda criticou os governadores que adotaram o lockdown, inclusive Helder Barbalho

Em entrevista exclusiva, Bolsonaro anuncia nova redução de IPI e criação da Carteira Verde e Amarela
Para o presidente, a melhor maneira de fazer justiça à população é diminuir a carga tributária

Presidente Jair Bolsonaro confirma que virá ao Pará neste mês de abril
O deputado Eder Mauro, ao lado do presidente, informou que os dois estarão em Belém e em Paragominas; confira

Presidente Bolsonaro volta a defender Projeto de Lei que permite exploração em terras indígenas
'Queremos dar liberdade para eles produzirem na sua terra, a exemplo dos Estados Unidos e Canadá', disse o presidente

 

Entrega de títulos


Os ministros Fábio Faria (Comunicações) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) já haviam visitado Belém no dia 23 de março para eventos do programa Abrace o Marajó. Nos encontros, Damares anunciou quase dois mil contratos de concessão de uso de terra nos municípios de Curralinho e Bagre.

O superintendente do Incra, coronel Neil Duarte de Souza, afirmou que foram 1.955 documentos titulatórios totais entregues, somando em torno de 50 mil até o momento, dentro do programa. "O governo federal está disposto a ajudar o Marajó e temos que caminhar juntos, trabalhar em prol do nosso povo do Pará e da região", declarou, na época.

Jair Bolsonaro sobre aborto: 'O Lula é o genocida de inocentes'
Além de falar sobre o aborto, Bolsonaro também disse que Lula é um crítico de pastores, padres e líderes religiosos

Bolsonaro sobre fala de Lula: 'Alexandre de Moraes, isso é ato antidemocrático. Vai ficar quieto?'
Em evento da CUT, Lula pediu que a militância sindical "incomode a tranquilidade" e pressione deputados e seus familiares

Representantes das famílias no Arquipélago receberam a entrega simbólica dos títulos. "O título, além de dar conforto e segurança à sua propriedade, vai ajudar com que o proprietário tenha crédito. É difícil alguém ter um imóvel e conseguir um crédito para sua terra, sua roça, seu negócio. Vai movimentar a economia do Marajó", garante a ministra Damares.

Palavras-chave

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA