Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Bolsonaro sobre fala de Lula: 'Alexandre de Moraes, isso é ato antidemocrático. Vai ficar quieto?'

Em evento da CUT, Lula pediu que a militância sindical "incomode a tranquilidade" e pressione deputados e seus familiares

Keila Ferreira

O presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou as declarações do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que em evento da Central Única dos Trabalhadores (CUT) realizado no dia 4 de abril pediu que a militância sindical "incomode a tranquilidade" e pressione deputados e seus familiares, indo na cada deles para garantir a aprovação de propostas que interessam ao setor em um eventual governo petista, a partir de 2023. 

Veja o trecho em que Bolsonaro fala de Alexandre de Moraes

Assista à entrevista ao vivo de Bolsonaro ao Grupo Liberal:

“Procurar familiares, esposas, filhos de parlamentares, para pressionar. Meu Deus do céu, não interessa quem é o deputado ou senador, sua esposa e seus filhos não têm que estar nesse contexto. É uma forma de intimidar os caras. Se vai intimidar políticos agora, vai intimidar por exemplo donos de rádio, vai fazer a mesma coisa em cima de prefeitura, em cima de miliares”, declarou.

VEJA MAIS

Em entrevista exclusiva, Bolsonaro anuncia nova redução de IPI e criação da Carteira Verde e Amarela
Para o presidente, a melhor maneira de fazer justiça à população é diminuir a carga tributária

Jair Bolsonaro diz que há '90% de chance de Braga Netto ser candidato a vice' nas Eleições 2022
Ele destaca que o ex-ministro tem grande experiência e patriotismo acima de tudo

Ainda de acordo com o presidente, “não é de agora que o PT pretende fazer isso”, ressaltou. “Ou seja, eles estão certos, tem que fazer o que eles querem, senão vão atazanar a vida da tua família. Isso é um crime. Isso é um ato antidemocrático. Alexandre Moraes, isso é um ato antidemocrático, vai ficar quieto?”, questionou.

Bolsonaro afirmou que é contra esse comportamento que o governo atual vem lutando. “No estado do Pará, o homem do campo além da posse de arma de fogo, ele pode usar o armamento em todo o perímetro de sua propriedade. O Lula quer tirar o armamento do pessoal de bem. Vai deixar só MST armado”.

Jair Bolsonaro sobre aborto: 'O Lula é o genocida de inocentes'
Além de falar sobre o aborto, Bolsonaro também disse que Lula é um crítico de pastores, padres e líderes religiosos

Bolsonaro sobre auxílio emergencial: 'Sem ele as pessoas com fome invadiriam os supermercados'
O chefe do Executivo ainda criticou os governadores que adotaram o lockdown, inclusive Helder Barbalho

O presidente da República também citou as últimas declarações do petista envolvendo o abordo. “O  Lula quer transformar o aborto como se vai no dentista tirar um dente”, disse. “O Lula é um genocida de inocentes”.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA