Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Igeprev suspende os benefícios de mais de 2 mil aposentados e pensionistas do Pará; entenda

Prazo para realização do censo previdenciário terminou no último sábado (30)

O Liberal

Com o fim do prazo para realização do Censo Previdenciário, no último sábado (30), o Instituto de Gestão Previdenciária do Pará (Igeprev) suspendeu o benefício de 2.124 aposentados e pensionista que deixaram de fazer o recadastramento. Para evitar o cancelamento definitivo, é preciso regularizar a situação até 29 de outubro.

Ao todo, segundo o instituto, mais de 43 mil segurados atenderam ao chamado e participaram do Censo Previdenciário obrigatório, sendo que 1.218 estão com pendências documentais. Eles seguem com os pagamentos ativos, mas também devem finalizar o processo de atualização cadastral até o dia 29 de outubro.

Aqueles que fizeram o Censo a distância e encaminharam a documentação pelo Correios até 30 de julho estão com a situação regular. O pagamento também permanece ativo para aqueles que solicitaram o Censo domiciliar e tiveram o pedido deferido até 30 de julho, pois os técnicos do Igeprev continuam fazendo as visitas.

VEJA MAIS

Prazo para recadastramento de aposentados e pensionistas do Pará termina sábado (30/07)
Igeprev alerta que benefício pode ser suspenso caso segurados não atendam ao chamado para realizar o censo previdenciária

Igeprev: a dois meses do fim do prazo, quase 5 mil beneficiários não concluíram o censo
Veja como fazer o cadastramento

INSS e Igeprev avançam em acordos sobre compensação previdenciária
Técnicos se reuniram nesta semana para acertar o Comprev

O Censo Previdenciário iniciou em novembro de 2020, com previsão de encerramento para dezembro de 2021. Porém, com o início da pandemia do coronavírus, precisou ser suspenso em fevereiro do ano passado, retornando em junho. Após a retomada, o prazo de conclusão foi prorrogado três vezes, finalizando definitivamente no último sábado.

Como se regularizar

Antes de buscar atendimento na sede do Igeprev em Belém, o segurado deve acessar o sistema de atendimento agendado pelo site do Instituto e escolher a opção "Regularizar Benefício Suspenso".

No Terminal Hidroviário de Belém e nas agências do Igeprev nos municípios de Castanhal, Capanema, Abaetetuba, Altamira e Santarém, e ainda nas unidades móveis, não é necessário agendar atendimento. 

O segurado que iniciou, mas não concluiu o recadastramento por ausência de documentação pode ir diretamente a qualquer agência do Igeprev na capital ou no interior, e também às unidades móveis. A regularização está sendo feita ainda nas Estações Cidadania.

Mais informações pelos telefones (91) 3217-7037 e (91) 3182-3500 (que também funciona como WhatsApp) e pelo site do Instituto

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA