Governador da Bahia Rui Costa (PT) é escolhido ministro-chefe da Casa Civil

Nome foi confirmado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta sexta

O Liberal
fonte

O governador da Bahia por dois mandatos seguidos, Rui Costa (PT), foi confirmado como ministro-chefe da Casa Civil do próximo governo federal. “Duas vezes governador da Bahia, o mais votado da história do Estado. Ampliou programas como Luz Para Todos e Minha Casa Minha Vida para o povo baiano”, escreveu o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em suas redes sociais, minutos após anunciar o nome do gestor, durante entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (9).

VEJA MAIS

image Lula confirma Fernando Haddad no Ministério da Fazenda
Pasta será criada a partir do desmembramento do atual Ministério da Economia

image Flávio Dino é confirmado no Ministério de Justiça e Segurança Pública e anuncia nome pra PF
Andrei Rodrigues será o próximo diretor geral da Polícia Federal

image Veja quem são os futuros ministros do Governo; nomes foram anunciados por Lula nesta sexta
Foram confirmados os nomes de Fernando Haddad, Flávio Dino, Rui Costa, José Múcio e Mauro Vieira

“É com um imenso orgulho que agradeço essa missão. Sei da minha responsabilidade e vou trabalhar como jamais trabalhei na minha vida para devolver o protagonismo do #Brasil e desenhar novos dias para a nossa gente ao lado de @LulaOficial”, escreveu o petista em seu Twitter.

O governador não tentou reeleição neste ano porque já está no segundo mandato. Ele também abriu mão de concorrer a outro cargo público. 

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA