Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Filho do governador Ronaldo Caiado, de Goiás, morre aos 40 anos

O governador estava em uma missa com a primeira-dama, quando foi comunicado e saiu às pressas da cerimônia

O Liberal

O filho do governador Ronaldo Caiado, de Goiás, Ronaldo Ramos Caiado Filho, morreu na manhã deste domingo, aos 40 anos. O governador e a primeira-dama do Estado, Gracinha Caiado, participavam de uma missa em Trindade (GO), quando saíram às pressas antes do fim da cerimônia, após serem avisados. As informações são do Portal R7.

VEJA MAIS

Morre Sergio Paulo Rouanet, autor da Lei de Incentivo à Cultura no Brasil
Diplomata e ex-ministro da Cultura tinha 88 anos. Informação foi confirmada pelo Instituto Rouanet

Polícia Civil divulga imagens de dupla envolvida na morte de oficial de Justiça no interior do Pará
Clayton Mesquita, de 46 anos, foi assassinado na manhã da última quarta-feira (29), no município de Novo Repartimento

Blogueira é presa suspeita de mandar ‘dar susto’ no ex; homem morreu
Caso aconteceu em Minas Gerais. Ex-namorado Leandro Rezende foi encontrado com as mãos e pernas amarrados e um fio enrolado no pescoço

Em nota, o Governo de Goiás confirmou a morte. "É com profundo pesar que comunicamos o falecimento de Ronaldo Ramos Caiado Filho, filho do governador Ronaldo Caiado e de Thelma Gomes. Ele morreu neste domingo, aos 40 anos. A família enlutada pede a todos orações para enfrentar este momento de imensa dor".

A causa da morte não foi divulgada.

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, lamentou a morte. "Poucas notícias podem ser tão tristes quanto a do falecimento de uma pessoa jovem, que tinha uma larga e enriquecedora trajetória pela frente".

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA