Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Blogueira é presa suspeita de mandar ‘dar susto’ no ex; homem morreu

Caso aconteceu em Minas Gerais. Ex-namorado Leandro Rezende foi encontrado com as mãos e pernas amarrados e um fio enrolado no pescoço

O Liberal

A blogueira Isabela Gomes Pereira, conhecida como “Isa Gomes”, de 29 anos, foi presa na última terça-feira (28) suspeita de participação no assassinato do ex-namorado, Leandro Rezende Morais, de 36 anos. O crime ocorreu em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. À Polícia, Isa admitiu ter mandado dar um “susto” no ex, que acabou morrendo. As informações são do G1 Minas Gerais.

O assassinato ocorreu na última terça-feira, dentro da casa da vítima. Leandro foi encontrado com as mãos e pernas amarradas, um fio enrolado no pescoço e uma blusa cobrindo o rosto.

VEJA MAIS

Blogueira de 21 anos é assassinada em saída de bar
Uma câmera de segurança registrou desde a hora em que o autor do crime chega ao local até o momento em que ele atira na vítima

'Blogueira golpista' comemora saída de cadeia com champagne e acaba presa de novo
Juiz do caso considerou comemoração uma forma de zombar da justiça

Polícia irá indiciar Influencer que debochou de vagas exclusivas para autistas
Após a repercussão negativa e várias críticas de internautas, Lari Rosa irá responder judicialmente pelo crime de discriminação

Em seu depoimento, Isabela alegou que tinha descoberto o envolvimento do ex com uma amiga dela. Ela disse que quando estava chorando em uma praça no bairro Mangueiras, em BH, um desconhecido se aproximou e perguntou o que estava acontecendo. Além de contar sobre a traição, a mulher relatou ao desconhecido que era constantemente agredida pelo companheiro. O homem então, ainda de acordo com o depoimento da suspeita, se ofereceu "para dar um susto" em Leandro.

Eles combinaram de se encontrar na praça mais tarde. Porém, ao chegar no local, outros três homens a aguardavam para ir até a casa de Leandro. A mulher contou que eles pularam o muro da residência e ficaram cerca de 20 minutos lá dentro, enquanto ela esperava do lado de fora.

A versão dos dois outros suspeitos presos é diferente do que foi narrado pela blogueira. Segundo eles, foi a mulher quem os abordou na praça e pediu que dessem um susto no namorado e roubassem a casa dele. Ambos afirmaram que ela entrou na casa de Leandro e chutou o rosto dele. A polícia ainda não localizou o terceiro homem suspeito de envolvimento no crime.

Relação com a vítima

Em setembro de 2021, Isabela procurou uma companhia da Polícia Militar afirmando que havia sido agredida por Leandro com um tapa no rosto e puxões de cabelo. Ele negou as agressões e disse à polícia que a mulher foi até a padaria em que ele trabalhava e o ofendeu, o chamento de vagabundo, traficante e ladrão de carga. Logo depois, ela entrou no carro dele insistindo para conversar.

A mulher procurou a polícia novamente em abril deste ano para informar que, ao passar na frente de um restaurante em BH, viu o carro do ex-namorado estacionado. Ela admitiu que entrou no estabelecimento e o viu com outra mulher, momento em que quebrou um copo na mesa dele e ainda arranhou o carro de Leandro. Segundo a versão de Isabela, os dois se agrediram, o que causou escoriações no braço e mão dela.

Leandro registrou um boletim de ocorrência dias depois relatando o tinha acontecido no restaurante. Segundo ele, na confusão do lado de fora, Isabela pegou a carteira dele, saiu correndo e, desde então, se recusava a devolver.

A Polícia Civil informou ao G1 que foi instaurado um inquérito em setembro de 2021, que apurava episódios de violência doméstica que teriam sido cometidos por Leandro Rezende Morais. Porém, com o falecimento do suspeito, extingue-se a punibilidade e o procedimento segue para o judiciário.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL