Equipe de Lula diz que pedirá ao STF para suspender porte de arma no DF nos próximos dias

Medida tem o intuito de reforçar a segurança para a posse presidencial

Emilly Melo
fonte

A equipe de segurança do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pretende requerer ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (27), a suspensão do porte de armas de fogo no Distrito Federal nos próximos dias. A medida tem o objetivo de reforçar a segurança para a posse presidencial, que acontece neste domingo (1º), em Brasília. 

VEJA MAIS

image Pesquisa: 72% não acredita que porte de arma pode tornar a sociedade mais segura
A maioria também rejeita facilitação ao acesso às armas de fogo

image Acusado de agredir ex-companheira é preso por posse irregular de arma em Rurópolis
O homem o detido na quinta-feira (15) durante uma operação da Polícia Civil do Pará

image Criança mata o primo com disparo acidental ao manusear arma do pai em Moju
Pai do menino que fez o disparo vai responder por posse ilegal e negligência no uso de arma de fogo

"Vamos requerer ao ministro Alexandre de Moraes que suspenda o porte de armas de fogo no DF entre amanhã e o dia 2 ou 3 de janeiro. Objetivo é que mesmo que pessoas que sejam eventualmente detentores de autorização, portadoras, tenham essa suspensão por ordem judicial para que fique configurado que qualquer posse, porte de arma nesse período será considerada crime", disse Flávio Dino, futuro ministro da Justiça e Segurança Pública.

Dino ainda pontuou que, com o deferimento, a equipe espera ter mais uma "camada de proteção" para que as forças policiais tenham autorização para aprender armamentos e prender em flagrantes quem portar armas nesse período. O pedido será encaminhado ao STF pois consideram que a medida está no âmbito do inquérito de atos antidemocráticos.

De acordo com o futuro ministro, o esquema de segurança da posse foi discutido com o governo do Distrito Federal e com a equipe da Polícia Federal. "Repassamos todos os pontos do planejamento, eles estão nesse momento evidentemente fortalecidos em razão das ocorrências nos últimos dias", disse. "Temos a convicção que esses preparativos garantem o principal, que é a posse presidencial com segurança."

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Hamilton Braga, coordenador do Núcleo de Política)

 

Palavras-chave

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA